Além de diversas outras questões, o confinamento causado pela pandemia do novo coronavírus gerou um aumento alarmante nos casos de violência doméstica e feminicídio em diversos estados do Brasil. Segundo dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, as denúncias de violência contra as mulheres – recebidas pelo número 180 – apontam um crescimento de 13,35% em fevereiro, 17.89% março, 37,58% em abril, quando comparados ao mesmo período de 2019.

Apesar do maior volume de denúncias, o aumento da violência doméstica escapa das estatísticas dos órgãos de segurança pública. A razão é que, isolada do convívio social, a vítima fica refém do agressor e impedida de fazer um boletim de ocorrência na delegacia.

A violência doméstica e familiar é a principal causa de feminicídio não só no Brasil, mas em todo o mundo. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), 17,8% das mulheres do mundo sofreram algum tipo de violência física ou sexual no ano de 2019.

Psicoterapeuta explica relacionamentos abusivos em livro

Seja qual for o tipo de violência, ela é uma das consequências dos relacionamentos abusivos. Para elucidar esse tema tão necessário, a Editora Planeta lança pelo selo Paidós O amor não dói, primeiro livro da psicóloga Anahy D’Amico. Há mais de 30 anos atendendo majoritariamente mulheres e vivendo suas dores e seus problemas, a autora já teve incontáveis contatos com o problema.

Nunca consegui me calar diante de mulheres que vivem relações desiguais e abusivas. Em todas essas frentes, aprendi uma lição: nós temos o melhor radar do mundo para entender se situações, pessoas e oportunidades são boas ou não”, afirma ela no livro.

De acordo com a Dra. Anahy, reconhecer relacionamentos abusivos requer autoconhecimento, pois não é fácil desconstruir o que somos e modificar nossa visão de mundo, relacionamentos, expectativas e necessidades.

Em O amor não dói, a psicoterapeuta explica como essas relações problemáticas surgem, abordando questões como a maneira como as mulheres são vistas na sociedade, a falta de repertório sobre relacionamentos saudáveis e o medo do abandono, constante em um país com mais de 6 milhões de indivíduos cujo nome do pai não é mencionado no registro de nascimento.

No decorrer das páginas, ela oferece ferramentas para que as leitoras aprendam a se conhecer melhor e a optarem por si mesmas dentro das relações. “O relacionamento saudável é fruto do amor que você sente por si mesma, do merecimento que acredita ter. Ele é, acima de tudo, uma dinâmica de respeito. Os dois lados se respeitam e se compreendem”, ela afirma.

Na obra, ela discorre sobre as diversas características do amor saudável, como livre, generoso, espelho, independente, gentil, carinhoso e respeitoso, além de incentivar a sororidade, ressaltando a importância do acolhimento que precisam dar a volta por cima por parte de outras mulheres e desencorajando os preconceitos sociais e as críticas superficiais.

“Precisamos de alguma consciência de classe para nos sentirmos seguras e acolhidas no dia em que for preciso reconhecer, enfrentar ou abandonar um abusador.” Com O amor não dói, Dra. Anahy busca trazer consciência e conforto para as leitoras que enfrentam a questão ou conhecem alguém passando pelo problema.

Livro conta história de vítima de relacionamento abusivo

Silvia Mantovani na Índia: ela conheceu 40 países antes dos 40 (Foto: Divulgação)

Vítima de um relacionamento abusivo na Espanha, a advogada Silvinha Mantovani precisou se reinventar para superar a depressão e sobreviver. Aos 36 anos ela largou tudo para fugir de um relacionamento onde até sua família era ameaçada de morte. Foi em Roma, inspirada pelo livro “Comer, Rezar e Amar”, que ela tomou uma decisão: conhecer 40 países antes dos 40 anos.

O registro dessa história de superação, aventura, autoconhecimento e empoderamento feminino está na obra 40 antes dos 40 – Um passaporte salvou minha vida!Mesmo sem as condições financeiras ideias para pôr em prática a ideia, Silvinha fez acontecer. Juntou todo o dinheiro que tinha economizado ao longo da vida (cerca de R$ 25 mil na época) e se mudou para a Irlanda, onde não conhecia absolutamente ninguém.

Em cada um dos oito grandes capítulos – Barcelona, Roma, Dublin, Marrocos, New York, Praga, Tailândia e Índia -, ela relata sua jornada em busca da felicidade em meio a chegadas e partidas, amores e desamores, dúvidas e certezas e lágrimas e sorrisos. Atualmente, já são 59 países visitados e mais de 300 viagens ao redor do mundo.

Quando tive que fugir do país dei um tempo nas minhas redes sociais, troquei o número do meu celular, e-mail, avisei as pessoas mais próximas sobre as mudanças pois precisava me comunicar de alguma forma com os meus amigos e familiares. E, mais uma vez, quando a porta do avião se fechou eu coloquei todas as esperanças nessa nova aventura rumo à “ilha esmeralda.”
(40 antes dos 40 – Um passaporte salvou minha vida!, pág. 150)

Será que depois de rodar o mundo ela conseguirá encontrar todas as respostas que procura? Embarque nessa viagem impressionante e cheia de descobertas. Para quem ama viajar, conhecer novas culturas e se emocionar com histórias reais… 40 antes dos 40 – Um passaporte salvou minha vida! é leitura para todos que estão dispostos a embarcar em uma viagem de descobertas, sonhos superação e amor próprio.

AUTORAS E FICHAS TÉCNICAS

O Amor Não Dói – Anahy D’amico é psicoterapeuta e terapeuta sexual. Há 16 anos participa do programa Casos de Família, exibido nas tardes do SBT. Também comanda o seu próprio canal no Youtube, o Papo com Anahy D’Amico, com mais de 800 mil seguidores.  A vocação da autora para a psicologia surgiu desde que era pequena: tendo um irmão com paralisia cerebral, e que por isso precisava de atenção e cuidados intensos, ela cresceu sem se sentir vista.

Sabia que tinha que ser assim, que ele precisava de muito mais do que eu, mas isso deixou muitas marcas em mim, e formou a terapeuta que eu sou. Por ter vivido as minhas dores desprezadas, essa se tornou a minha busca: oferecer acolhimento, compreensão para as outras pessoas, ver o outro”, conta ela.

Título: O amor não dói

Autora: Anahy D’amico

Páginas: 160

Preço livro físico: R﹩ 44,90 | Preço e-book: R﹩ 27,90

Editora Planeta | Selo Paidós

40 antes dos 40 – Silvinha Mantovani nasceu em Maringá (SC) em 1978 e formou-se em Direito pela PUC Maringá. Deixou o Brasil no ano de 2006 em direção à Espanha para realizar o sonho de cursar um master fora do país e conhecer novas culturas. Praticamente sem dinheiro, sem casa e prestes a completar 40 anos, ela decide transformar a fuga em aventura ao viajar sozinha pelo mundo. Nunca mais regressou.


Título
: 40 antes dos 40 – Um passaporte salvou minha vida!
Autor: Silvinha Mantovani  
Páginas: 344
Preço: R$ 49,50
Link de venda: https://bit.ly/3hi2yGN

Redes Sociais:

Com Assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *