Saúde Pública

Rio quase 40 graus, com show da Madonna e água de graça

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Com a temperatura no Rio de Janeiro beirando a 40 graus em pleno outono, não dá pra vacilar com a saúde durante a passagem do furacão Madonna pela cidade. Hidratação sempre em primeiro lugar – e não adianta abusar de bebida alcoólica achando que está se hidratando – como alertam os médicos neste roteiro de dicas que divulgamos aqui – para o megashow da diva do pop neste sábado (4), nas areias de Copacabana.

Para matar a sede dos fãs, em meio à nova onda de calor no Rio – que já foi motivo de reclamação da própria Madonna -, a Cedae montará alguns ‘oásis’ para os fãs da cantora: em quatro pontos da orla de Copa serão distribuídos, gratuitamente, cerca de 50 mil litros de água potável durante o megaevento.

Esta não é a  primeira vez que isso acontece. Desde o show de Taylor Swift, quando uma fã morreu de estresse térmico dentro do Estádio Engenhão, onde a sensação térmica chegava a 60 graus, Governo do Estado e Prefeitura do Rio vêm garantindo a oferta de água em dias de calor intenso.

Se mesmo com todos os cuidados, você ainda correr o risco de sofrer algum problema de saúde durante o show da Madonna, fique tranquilo. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) e o Corpo de Bombeiros montaram um esquema especial para dar suporte durante todo o evento.

Além de um hospital de campanha, motolâncias com equipes de enfermagem vão atuar para agilizar o atendimento. Para garantir a segurança de quem se aventurar a entrar no mar para se refrescar, médicos em motos aquáticas farão o socorro imediato em caso de afogamentos (veja mais detalhes abaixo).

Leia mais

10 dicas para curtir o show da Madonna sem se descuidar da saúde
Madonna não é fã de sol, mas precisa de vitamina D
Etarismo x empoderamento: o que aprendemos com Madonna?
Como conquistar o ‘padrão Madonna’ depois dos 60?
Madonna celebra 40 anos de carreira no bairro mais longevo do Rio
Madonna e o eterno medo das mulheres de envelhecer

Aguadeiros circulam em bikes e 4 pontos fixos servem água na orla

   

Dessa vez, a ação da Cedae para matar a sede dos fãs começou bem antes da hora, já que Copacabana está em festa desde que Madonna chegou, na última segunda-feira (29/4). Entre quinta e sexta-feira, a frota da hidratação atuou no entorno do Hotel Copacabana Palace, onde a cantora e sua equipe estão hospedados, entre os postos 2 e 3, servindo água gelada das 10h às 17h.

estilista paulista Fabrício Rodrigues, de 26 anos, disse que se surpreendeu com a oferta de água de graça. “Está aliviando bem o forte calor de todos que, como eu, não arredam o pé da porta do hotel, na esperança de ver a rainha do pop”, comentou.

A ação foi iniciada e conta com 100 funcionários para hidratar os seguidores da artista, além de banhistas e turistas. A estrutura conta com a Kombi da Cedae, os tradicionais aguadeiros de bicicletas, que vão circular pela ciclovia. Os veículos são equipados com sistema que mantém a água gelada. Além disso, técnicos do laboratório móvel da companhia fazem análises de hora em hora, para garantir a qualidade da água ofertada ao público.

Durante o show, quatro pontos fixos vão funcionar no canteiro central da Avenida Atlântica: próximo ao Hotel Lancaster (altura da Rua Duvivier), entre as avenidas Prado Júnior e Princesa Isabel, na altura da Avenida República do Peru e da Rua Siqueira Campos.

Cada local tem uma tenda, onde os aguadeiros servem água gelada em copos biodegradáveis para o público. Toda a água distribuída na orla é transportada diretamente da Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu por caminhões-pipa. As tendas funcionam das 15h de sábado até as 2h de domingo (5).

Hospital de campanha e motolâncias reforçam saúde em Copa

Dentre as ações especiais da Secretaria de Estado de Saúde (SES) durante o show da Madonna estão o reforço das equipes do SAMU e de profissionais que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de Copacabana e Botafogo.

O Samu  da capital irá reforçar toda a região com três duplas de motolâncias, motocicletas operadas por profissionais de enfermagem, que garantem maior agilidade no atendimento, além de duas ambulâncias de suporte a desastres e quatro ambulâncias que já atuam nas bases da região de Copacabana, Botafogo e Ipanema.

A Fundação Saúde também aumentou o efetivo de profissionais nas UPAs de Botafogo e Copacabana e reforçou o estoque de insumos nestas unidades. Também foi disponibilizada a estrutura para montagem de um hospital de campanha, que será operado pelo Corpo de Bombeiros durante o show.

Resgate a vítimas de afogamento em motos aquáticas

Além do trabalho de vistoria do espetáculo, o Corpo de Bombeiros preparou um plano tático operacional da corporação para garantir a segurança do público que vai assistir a apresentação da diva do pop. Cerca de 800 militares foram mobilizados para atuar neste fim de semana do evento, distribuídos por terra, água e ar.

O destaque da força-tarefa é a presença de médicos que farão o resgate às vítimas de afogamento por meio de motos aquáticas, otimizando o tempo de atendimento em até 80% a menos em comparação às ambulâncias.

A corporação também tem duas aeronaves à disposição para realizar atendimentos a ocorrências mais graves, além de um posto médico militar avançado, que será montado exclusivamente para o evento nas imediações do posto 6.

A força-tarefa tem ainda o apoio de embarcações, quadriciclos, ambulâncias, motos de resgate para deslocamento rápido em meio ao público, viaturas de salvamento e caminhões-tanque, nos principais pontos de acesso ao evento.

‘Não é Não – Respeite a Decisão’

A preocupação não é apenas com a saúde, mas com a segurança e, em especial, com o respeito à diversidade. Durante o show de Madonna, nada de assédio ou violência contra mulheres, nem preconceito racial, contra idosos ou LGBTfobia.

A Secretaria de Estado da Mulher e a Patrulha Maria da Penha atuam durante o show da rainha do pop, neste sábado (4), em quatro pontos de apoio nas saídas do metrô, em Copacabana. A partir de 17h, serão distribuídas 25 mil ventarolas, com orientações da campanha “NÃO É NÃO! Respeite a decisão” e o QRCode para baixar o aplicativo Rede Mulher.

A ação acontece nas ruas Princesa Isabel, Ronald de Carvalho, Figueiredo de Magalhães e Sá Ferreira. O material conterá também informações sobre o aplicativo Rede Mulher, que conta com um botão de emergência e pode ser baixado gratuitamente.

Ao ser acionado, esse recurso faz uma ligação direta com a Central 190, da Polícia Militar, que já é informada de que se trata de uma ocorrência envolvendo uma mulher e envia a localização da vítima em tempo real.

Equipes da Patrulha Maria da Penha também estarão de prontidão para acolhimento, orientação e encaminhamento, caso haja vítimas de assédio durante o evento

Além disso, há postos da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) na 15ª DP, na Gávea, e da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

Uma base temporária da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) está funcionando na Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade (Deapti), em Copacabana.

Drones e pórticos para reconhecimento facial

O Rio de Janeiro vai utilizar, pela primeira vez, pórticos para o controle de público, durante o megashow da cantora Madonna. Os equipamentos, que possuem diversas funções, incluindo o reconhecimento facial por câmeras especiais, instalados na noite desta sexta-feira. Ao todo, são 18 pórticos, um em cada ponto de revista espalhado pelas ruas adjacentes ao palco.

O reforço na segurança auxiliará a polícia no acesso para o evento. Cada um dos pórticos tem cinco metros de altura por cinco metros de largura. Além do possível reconhecimento facial de foragidos da Justiça, eles terão a função de organizar a multidão para revistas pessoais e divulgação de aplicativos das secretarias e órgãos governamentais envolvidos no evento, entre eles os de proteção a mulheres e 190RJ.

Também são usados dois drones com tecnologia para reconhecimento facial, além de câmeras. Para se ter uma ideia, o zoom ótico e sem distorções de uma das câmeras pode captar faces de cidadãos e suas características a longas distâncias.

O esquema especial de segurança para o show começou a ser implantado no dia 29 de abril e vai até o dia 6 de maio. A Polícia Militar já realiza patrulhamento ostensivo, envolvendo 3,2 mil agentes, 64 viaturas, 65 torres de observação. A Polícia Civil também já mobilizou 1.500 agentes, desde quarta-feira (01/05).

Estão incluídos no esquema policiais da Core e das delegacias de Apoio ao Turismo, do Aeroporto Internacional, de Proteção à Criança e ao Adolescente, de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância e de Atendimento à Mulher. Cerca de 60 policiais militares e civis, além de uma assistente social, se juntaram à força-tarefa para aumentar ainda mais a segurança dos fãs, turistas e moradores.

Rio, capital dos fãs da Madonna

Nos últimos dias, o Rio de Janeiro se tornou o destino brasileiro mais procurado por viajantes globais na plataforma Booking, de 3 a 5 de maio. A capital fluminense também é o segundo destino das Américas mais buscado por viajantes de todo o mundo no período do show, atrás apenas de Nova York.

A rede hoteleira de Copacabana e Leme atingiu 96% de ocupação para este fim de semana, segundo a última atualização do HotéisRio, sindicato dos meios de hospedagem da capital fluminense. A média de ocupação em toda a cidade estava em 83,72% na sexta-feira (3/5).

A região de Copacabana e Leme lidera a taxa de ocupação de quartos de hotéis, seguida de Ipanema e Leblon (82,4%), Centro (77%), Barra/Recreio (73%) e Flamengo/Botafogo (70%). A entidade afirma que os números podem ser ainda maiores.

Com informações do GovRJ
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *