Dia de Doar apoia causas humanitárias, sociais ou ambientais

Médicos Sem Fronteiras recebe doações para Fundo Projetos no Brasil. Já SOS Pantanal quer ajudar brigadas contra incêndios

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

O Dia de Doar – que este ano acontece no dia 28 de novembro – é uma importante oportunidade para quem quer abraçar causas humanitárias, sociais ou ambientais, mas não sabe como. A organização médico-humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) e o SOS Pantanal, por exemplo, se juntaram ao movimento solidário global, que promove o engajamento de pessoas e empresas em ações solidárias, e lançaram suas próprias iniciativas. Confira e colabore!

SOS Pantanal: campanha de prevenção a incêndios

Em novembro deste ano, o fogo devorou mais uma vez o coração do Pantanal, deixando para trás uma paisagem de destruição e desolação. A atuação de forças combinadas entre Brigadas Pantaneiras, governos estadual e federal e outras organizações foi essencial para que não fossem repetidos cenários como o de 2020, quando quase 30% de todo bioma foram varridos por queimadas. Nesta época, mais de 4 milhões de hectares foram consumidos pelas chamas, o que equivale a 26 cidades do tamanho da capital paulista.

A proteção e a reconstrução do Pantanal dependem de iniciativas urgentes. Os últimos anos mostraram-se extremamente severos ao bioma, que abriga uma das maiores biodiversidades do planeta. É preciso unir forças, em todas as esferas, para que seja possível salvar fauna e flora da maior área alagável do planeta e, diante deste desafio, a sociedade civil tem papel imprescindível.

É essa consciência que, com abertura no Dia de Doar (quando milhares de organizações em todo o Brasil estarão prontas para receber doações), o SOS Pantanal lança uma campanha de doações para ampliação e desenvolvimento do projeto Brigadas Pantaneiras, que, desde 2020, está à frente nas linhas de combate ao fogo na região.

Brigadeiras pantaneiras

As Brigadas Pantaneiras têm um propósito claro: prevenir e responder aos focos de incêndio. Além disso, busca estruturar fazendas e comunidades para desempenhar papéis cruciais em operações coordenadas pelas instituições competentes.

A formação de uma rede de brigadas rurais é a chave para a eficácia desse trabalho. Nesta nova fase de atuação, o SOS Pantanal unirá forças para fortalecer o projeto, visando a consolidar uma rede de 59 brigadas atuantes.

Até outubro deste ano as brigadas foram responsáveis pela diminuição em 94,5% de área queimada em suas locações, com redução de 96,2% dos focos de calor. Esses números podem se tornar ainda mais expressivos com a expansão planejada.

Para isso, cada doação contribuirá diretamente para cobrir custos de logística e operação dos brigadistas, que enfrentam riscos diários para proteger fauna, flora e o equilíbrio ecológico do Pantanal.

Como Sua Doação Faz a Diferença:

– Treinamentos essenciais: a contribuição financia treinamentos contínuos para as Brigadas Pantaneiras, capacitando-as a agir com eficácia e segurança.

– Equipamentos vitais: cada real doado significa a garantia de que os brigadistas terão os equipamentos necessários para enfrentar as chamas e proteger o ecossistema.

– Planos de manejo integrado do fogo: as doações apoiam a implementação de estratégias eficientes de manejo do fogo, visando à prevenção de futuros desastres.

– Monitoramento remoto: a tecnologia é uma aliada na proteção do Pantanal. Seu apoio sustenta o monitoramento remoto, proporcionando uma resposta rápida a novos focos de incêndio.

– Assessoria técnica: os brigadistas precisam de suporte contínuo, e a doação contribuirá para a assessoria técnica, garantindo a manutenção de equipamentos e ações preventivas.

MEIO DE DOAÇÃO:

Pix SOS Pantanal: contato@sospantanal.org.br

No site www.sospantanal.org.br/ é possível apoiar e realizar doações.

Médicos Sem Fronteiras lança ação para apoiar projetos no Brasil

Na ação “Juntos com MSF – Dia de Doar, lançada no último dia 6, oa participantes vão contribuir para o Fundo Projetos no Brasil, que é voltado para as atividades de MSF no país. Para participar é muito fácil, basta clicar na página e criar a sua própria campanha com uma foto ou logo da empresa. Há sugestões de valores, mas é possível doar o quanto você puder.

Só para se ter uma noção de quanto a participação de cada um pode ajudar aqueles que mais precisam, a organização mostra os valores necessários para algumas ações. Por exemplo, R$ 47 em doação pode se transformar em 110 sachês com sais para reidratação oral de pacientes. Ou R$ 123 podem garantir 2.335 comprimidos de ácido fólico para tratar e prevenir anemias e evitar má formação de bebês durante a gestação.

Atualmente, MSF desenvolve atividades nos estados do Rio Grande do Sul, Roraima e Pará. No Vale do Taquari (RS), a organização atua com psicólogos especializados em emergência, oferecendo formações de estratégias comunitárias para suprir as demandas por apoio de saúde mental na região.

Na Terra Indígena Yanomami, em Roraima, MSF oferece serviços de saúde básica e atua no combate à malária em parceria com a Secretaria Especial de Saúde indígena (Sesai), do Ministério da Saúde. A organização também está presente na Casa de Apoio à Saúde Indígena Yanomami (Casai-Y), também em Roraima, com serviços de assistência médica aos indígenas.

Já em Portel, na região da Ilha do Marajó (Pará), MSF atende as populações em situação de vulnerabilidade e com dificuldade de acesso à saúde.

Faça parte da campanha “Juntos com MSF – Dia de Doar e ajude a organização em suas atividades aqui no Brasil. Em caso de dúvidas, é só escrever para o e-mail diadedoar@msf.org.br.

Campanha para ajudar países em crises humanitárias é prorrogada

Quem economizou nas compras desta Black Friday, agora tem a oportunidade de ajudar o próximo. Como não tem hora para se fazer o bem, a campanha solidária da Stella Barros – “Qual é o destino da sua viagem?” – foi prorrogada.

Fruto da parceria com a VVolunteer, plataforma digital focada em ajuda humanitária e ações sociais, torna-se possível escolher um “destino” e fazer a doação para aquela região. É uma forma de se conectar com o lugar, com humanidade.

Para fazer a doação, basta entrar na landpage da Stella Barros Black Friday – https://stellabarros.com.br/blackfriday.html#services-cards  – e clicar no botão “quero doar” para o destino desejado. Imediatamente haverá o direcionamento para o site da VVolunteer, com a opção de doações no cartão de crédito ou no PIX..

Destinos que poderão ser “comprados” simbolicamente

Polônia / Ucrânia – em guerra com a Rússia desde fevereiro de 2022.

Síria / Jordânia – vive um conflito interno desde 2011.

Quênia – tem uma das maiores prevalências de pessoas com HIV do mundo.

Sertão do Piauí – passa pela sua maior seca em 100 anos.

Muçum- RS – foi fortemente afetado pelas chuvas recentes.

Refugiados no Brasil – o Brasil é o 6o país que mais recebe refugiados no mundo.

Queimadas Pantanal – os incêndios já consumiram mais de 1 milhão de hectares neste ano.

Com Assessorias

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!