Beleza e Bem-EstarCiência e Medicina

‘Soro da beleza’: não tem nada de milagroso em soroterapia

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

“Gotas da beleza”, “Soro da Juventude”, “Elixir da Beleza” são alguns dos “apelidos” dados para a soroterapia, tratamento que viralizou e tem sido promovido por influenciadoras em diferentes plataformas digitais. “Banalizado” por muitas delas – que dizem “ter dado uma passadinha na doutora X para um soro de beleza antes de um dia corrido”, o tratamento pode trazer sérias consequências para quem, de fato, não precisa dele.

Mais energia, redução do estresse, melhora da imunidade e beleza em gotas são algumas das promessas que clínicas médicas e influenciadores divulgam nas redes sociais. O procedimento consiste na infusão intravenosa de nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais e antioxidantes, que pode ser feita diretamente na corrente sanguínea ou de forma intramuscular.

Soro da beleza, soro da imunidade, soro do sono, soro da performance. A soroterapia promete um cardápio extenso de soluções rápidas para problemas de saúde ou apenas insatisfações estéticas de pacientes. Nos últimos anos, a soroterapia ressurgiu devido à grande demanda por parte de celebridades como Kim Kardashian e Demi Lovato, que a utilizavam para se recuperar da agenda lotada e manter a imunidade em dia.

Assim como elas, Janaina Prazeres, de 35 anos, compartilhou que faz dois anos que ela se submete à soroterapia. Em média, a ‘Mulher Perfeita’ da Playboy diz que gasta R$ 1.500 por semana com cada sessão. Totalizando, cerca de R$ 140 mil investidos no procedimento.

Enquanto a soroterapia conquista internautas, entidades médicas estão fazendo alertas sobre a eficiência desse tratamento milagroso, como mostrou o ‘Fantástico’, da TV Globo, neste domingo (7/3).

Soroterapia — Foto: Fantástico
Supostos benefícios para a soroterapia (Foto: Fantástico – TV Globo)

Na semana passada, o Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) fez uma fiscalização em locais que oferecem o tratamento. O órgão afirma ter encontrado “oferta indiscriminada e crescente” do procedimento. Em uma das clínicas, os fiscais avaliaram as condições de armazenamento dos produtos e encontraram “cardápios” com promessa de tratamento até para depressão e ansiedade.

A fiscalização identificou uma série de problemas em relação às regras de publicidade médica. No levantamento com 20 clínicas: 16 prometiam resultados, o que é proibido, e 17 não apresentavam o registro no CRM. Nenhuma clínica informava o RQE, registro de qualificação de especialidade

Empresária relata taquicardia e pressão alta

Quando a empresária Thaís Giraldelli conheceu o tratamento, ela se empolgou e experimentou uma opção personalizada, divulgado como capaz de obter resultados milagrosos por meio de suplementação de vitaminas e minerais. A empresária explica que a médica não pediu nenhum exame durante a consulta.

“Eu só realmente cheguei lá como um cardápio de um restaurante. E aí eu pedi por mais cabelo, mais disposição. E mais beleza, porque tem uma opção que dá um glow na pele e tudo”, conta.

Thaís fez mais de dez sessões, inclusive chegou a usar a bolsa de soro no carro. “Fiquei segurando o soro e fui com ele para minha reunião, depois fui para casa e eu mesma tirei todo o aparato”, explica.

Alguns sintomas começaram a deixar em alerta: “Todas as vezes eu tinha uma taquicardia. E no dia seguinte, normalmente, era onde vinham os picos de pressão alta”. Thaís decidiu abandonar as sessões e não teve efeitos colaterais mais graves.

Intoxicação por soroterapia leva deputado a UTI

O deputado estadual Carlos Alexandre (PL- SE), conhecido como Pato Maravilha, diz que procurou a soroterapia porque se sentia cansado. Após a segunda sessão, o deputado sentiu um desconforto. O médico insistiu para que ele seguisse o tratamento.

“Eu disse a ele, ‘doutor, eu não estou aguentando mais’. Ele disse: ‘não, mas vamos fazer essa aplicação agora e você vai sair daqui já batendo as asas. Fique tranquilo’. Ele disse que ia acrescentar mais vitamina no soro. E realmente acrescentou”, conta.

Depois, o deputado começou a sentir uma forte dor no estômago e na cabeça. Hospitalizado em Aracaju, ele precisou de uma transferência de emergência, por UTI aérea, para São Paulo. A equipe da cardiologista Ludhmila Hajjar constatou que uma intoxicação por cromo tinha afetado vários órgãos.

Soroterapia, quando feita sem necessidade, pode trazer sérias consequências ao organismo

Soroterapia — Foto: Fantástico

Carla Vidal, médica dermatologista, alerta sobre o perigo do modismo de determinados tratamentos para a saúde

Quando um tratamento sério como este viraliza e vira um “tratamento desejo” corre-se um risco grande de tratar indevidamente uma deficiência nutricional ou – algo bastante grave – deixar o paciente com uma “super dosagem” de determinada vitamina, alerta Carla Vidal, médica dermatologista.

Segundo ela, soroterapia é “um tratamento válido e sério”, porém que deve ser feito com muita cautela e por profissionais altamente treinados. Ela é indicada em casos de deficiências de determinadas vitaminas e, caso precise ser realizada, o indicado é que seja feito dentro de hospitais. E explica:

“Um médico verdadeiramente responsável vai pedir uma série de exames ao paciente e ao detectar uma deficiência nutricional deve entender quais são as maneiras de tratar essa deficiência. Na grande maioria dos casos, um cuidado maior com a alimentação já entregará ao paciente uma melhora real e significativa, outros casos podem pedir suplementação e apenas casos mais severos pedem a suplementação intravenosa”, diz Carla.

A lição que fica é buscar profissionais da saúde que queiram, de fato, saúde e beleza aos seus pacientes e não oferecer tratamentos “da moda” sem medir as consequências; elas podem ser sérias e permanentes.

“As pessoas acreditam que está tudo bem ter vitamina (seja ela qual for) em excesso. Um pensamento muito errado…o excesso de muitas vitaminas geram ao organismo problemas de saúde que ele não teria se estivesse com níveis normais nutricionais”, completa Carla Vidal. “Já tive casos de pacientes com acne medicamentosa, oriunda de dois complementos de Vitamina B12 intravenosa. Casos típicos de suplementações feitas para ‘encantar’ a pessoa e que, no fim, se tornaram problemas de pele para ela”, conta a dermatologista.

Médicos alertam sobre os riscos: ‘charlatanismo, farsa total’

A reportagem mostro que, entre representantes de diferentes especialidades, é consenso que a soroterapia só é recomendada para casos específicos de pacientes com dificuldade de absorção de nutrientes.

“Um paciente que foi submetido a uma cirurgia do aparelho digestório, principalmente câncer, e ficou, por exemplo, com um intestino curto, esse paciente efetivamente tem que ser submetido a uma terapia com uma suplementação injetável”, explica o médico Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia.

Segundo ele, o excesso de vitaminas e minerais também faz mal, “não deixa de ser um processo de intoxicação medicamentosa”. O médico André Barros conta ter recebido paciente com excesso de vitamina D, o que pode levar a rim calcificado. “Isso é fruto de tratamentos absolutamente inapropriados”, disse.

Heitor Gonçalves, presidente da Associação Brasileira de Dermatologia, relata que as reações podem ir desde acne, coceira e vermelhidão na pele até casos mais graves, práticas sem supervisão caracterizando um verdadeiro charlatanismo’.

Jose Hiran Gallo, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), alerta para a utilização indiscriminada do tratamento. “Virou moda e isso é preocupante. Lamentavelmente, estão vendendo ilusões, dizendo que vai ficar bonito, vai ter um corpo mais saudável”, diz.

“É uma farsa total, sinto decepcionar quem ainda acredita nisso”, diz Angelo Vatimmo, presidente do Cremesp.

 

Outro lado

‘Parece uma pílula mágica, me sinto mais equilibrada’

  

Janaina revelou que na época de Carnaval 2024, onde estreou como Musa da Bateria da Acadêmicos do Tatuapé,soroterapia foi essencial para o seu desempenho na avenida. De acordo com ela, além de aumentar sua energia, o procedimento intravenoso combateu a ansiedade da estreia e fez sua recuperação muscular.

“A verdade é que eu me sinto mais bonita a cada sessão do ‘soro da beleza’. Sinto que envelheço com jovialidade. Adoro novidades e acredito na medicina. Sou a favor de cuidar de dentro para fora”, afirma a modelo.

Dentre os benefícios que Janaina percebe como consequência da soroterapia, ela compartilha: “Desincho, tenho mais disposição e perdi a compulsão alimentar. Parece uma pílula mágica”. Ela enfatiza ainda que, apesar dos custos, os efeitos positivos valem a pena: “Me sinto outra pessoa, mais bonita, mais disposta, leve e equilibrada”.

‘Procedimentos fazem parte da construção do meu eu’, diz influencer

Apesar das muitas evidências e alertas, influencers ignoram. Janaína Prazeres diz enfrentar críticas e opiniões adversas nas redes sociais em relação aos seus procedimentos estéticos. Ela diz adotar uma postura firme em relação aos comentários negativos.

“Escolho apenas críticas construtivas e que me favoreçam. Foco na positividade, na paz e nos meus próprios sentimentos. Eu amo me cuidar, faz bem para a minha autoestima. O que tem de errado nisso?”.

Ela também revela seus próximos procedimentos estéticos: “Este ano, tenho troca de silicone mamário e um lifting facial. Gastaria o que fosse preciso para me sentir bem e feliz”.

Ao refletir sobre suas escolhas dentre os diversos procedimentos estéticos que já fez, Janaina conclui: “Nenhum procedimento está isolado, todos fazem parte da construção do meu eu. E isso me faz feliz”.

Médico fala dos benefícios da soroterapia para a saúde

O procedimento tem vantagens que vão da melhora da imunidade como um todo até tratamentos mais específicos

soroterapia tem se destacado no campo da saúde e bem-estar como um tratamento inovador que oferece benefícios diversos para a melhoria da saúde e qualidade de vida. Esse procedimento, que consiste na administração de nutrientes por via intravenosa, tem ganhado espaço devido aos seus resultados promissores.

Gustavo Feil, médico especializado em Ciências da Longevidade Humana e Nutrologia, destaca que a soroterapia é uma abordagem da Prática Ortomolecular para suplementar nutrientes diretamente no organismo, solucionando problemas de deficiência vitamínico-mineral e promovendo a saúde dos pacientes. “É uma opção eficaz para compensar a absorção inadequada de nutrientes, comumente observada na dieta oral, devido a alterações intestinais ou no trato digestivo”, acrescenta.

Com a soroterapia, é possível otimizar as condições clínicas dos indivíduos com a suplementação segura e eficaz, permitindo a rápida absorção das substâncias injetadas no organismo. “O tratamento deve ser sempre adaptado às necessidades e particularidades do paciente, levando em consideração suas características bioquímicas e histórico de saúde para garantir resultados mais efetivos”, pontua o especialista.

Para isso, o procedimento inicia com a avaliação clínica do paciente, incluindo queixas, sinais, sintomas e exames para verificar as carências nutricionais. Posteriormente, o médico especializado elabora um protocolo personalizado, determinando a duração do tratamento e a forma de aplicação mais adequada.

Com o planejamento pronto, a soroterapia possui indicações amplas, desde a desintoxicação do organismo e prevenção de doenças até a melhoria da imunidade, saúde da pele, cabelos e otimização da memória.

“Com benefícios que incluem melhora da saúde geral, proteção do sistema imunológico, aumento de energia, fortalecimento dos ossos e articulações, a soroterapia se destaca como uma opção segura e eficaz para diversos perfis e necessidades”, conclui.

O Dr. Gustavo Feil enfatiza que a soroterapia oferece resultados notáveis em poucas sessões, embora isso possa variar de acordo com as especificidades do paciente e os objetivos do tratamento. O procedimento é uma opção terapêutica que, quando conduzida de maneira personalizada, proporciona inúmeros benefícios ao indivíduo, contribuindo para a melhoria da saúde e da qualidade de vida.

Médica propaga benefícios da soroterapia à saúde capilar

A médica Renata de Nóbrega explica que a terapia injetável é um tipo de tratamento que utiliza soro para promover a saúde e combater doenças. Ele pode ser administrado de duas formas: por via intravenosa, quando o soro é injetado diretamente na veia, ou por via intramuscular, quando é injetado no músculo.

soro utilizado na terapia injetável é uma solução composta por nutrientes e vitaminas, que são administrados diretamente na corrente sanguínea. Esses nutrientes são essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo e podem ser utilizados para repor nutrientes, melhorar a imunidade e tratar condições específicas.

Pode oferecer diversos benefícios para a saúde, incluindo:

1. Melhora na hidratação: O soro utilizado é composto por água e eletrólitos, que ajudam a manter o corpo hidratado e equilibrado.

2. Aumento da imunidade: Os nutrientes presentes no soro podem fortalecer o sistema imunológico, ajudando o corpo a combater doenças e infecções.

3. Redução de sintomas de ressaca: Para quem exagerou na bebida, pode ser uma ótima opção para aliviar os sintomas de ressaca, já que ajuda a repor os nutrientes perdidos durante a ingestão de álcool.

4. Alívio de dores e inflamações: Alguns nutrientes presentes no soro possuem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, podendo ajudar no alívio de dores e inflamações.

5. Ajuda na desintoxicação: As terapias injetáveis também podem auxiliar na eliminação de toxinas do organismo, promovendo uma limpeza interna e contribuindo para a saúde geral do corpo.

Além desses benefícios, as terapias injetáveis também pode ser utilizada para tratar e prevenir uma série de condições de saúde, como enxaquecas, fibromialgia, doenças autoimunes, entre outras.

Tratamento que faz o cabelo crescer 6 centímetros por mês é real?

A influenciadora digital Franciny Ehlke, de 24 anos, recentemente compartilhou em seu Instagram um novo tratamento que está fazendo para acelerar o crescimento dos cabelos. De acordo com ela, o profissional afirmou proporcionar um crescimento de até 6 centímetros por mês em seus fios. O que gerou muitas dúvidas e questionamentos dos internautas: é possível o cabelo crescer 6 cm por mês?

Bom, você já deve ter ouvido falar nas terapias injetáveis. Trata-se de um tratamento que tem ganhado cada vez mais adeptos e promete benefícios tanto para a saúde quanto para a beleza dos cabelos. As terapias injetáveis também são indicadas por supostamente trazer benefícios para a saúde dos cabelos.

“A terapia injetável capilar utiliza o mesmo princípio do soro para a saúde, porém, os nutrientes presentes são focados especificamente para melhorar a saúde dos cabelos, fornecendo os nutrientes essenciais para fortalecer os fios e estimular o crescimento saudável”, destaca a Dra. Renata de Nóbrega

O soro utilizado pode conter nutrientes como vitamina C, vitamina B12, biotina, zinco, ferro e ácido fólico. Cada um desses nutrientes possui funções específicas e podem trazer diversos benefícios para a saúde dos cabelos.
– Vitamina C: Atua como um antioxidante, combatendo os radicais livres que podem danificar os cabelos.
– Vitamina B12: Essencial para a formação de células vermelhas do sangue, que são responsáveis por transportar oxigênio para os folículos capilares.
– Biotina: Também conhecida como vitamina H, é importante para manter os cabelos fortes e saudáveis.
– Zinco: Regula a produção de óleo no couro cabeludo, prevenindo a oleosidade excessiva.
– Ferro: Necessário para a produção de hemoglobina, que transporta oxigênio para os folículos capilares.
– Ácido fólico: Importante para o crescimento celular e pode ajudar a prevenir a queda de cabelo.
Além de fortalecer e estimular o crescimento dos fios, oferece também os seguintes benefícios:
– Melhora na circulação sanguínea no couro cabeludo.

– Fornecimento de nutrientes essenciais para os cabelos.

– Equilíbrio dos eletrólitos no couro cabeludo.

– Ajuda a combater problemas como caspa e oleosidade excessiva.

Mas afinal, quanto o cabelo cresce por mês?

É importante ressaltar que cada pessoa pode ter resultados diferentes, de acordo com sua saúde e estilo de vida. Além disso, é importante lembrar que os cabelos crescem em média de 1 a 1,5 centímetros por mês, mas esse processo pode ser influenciado por diversos fatores, como químicas, uso de acessórios de calor, exposição ao sol, alimentação e até mesmo o estresse do dia a dia.

Por isso, segundo dra Renata, as terapias injetáveis podem ser uma ótima opção para quem deseja acelerar o crescimento dos cabelos de forma saudável e combater danos causados por fatores externos, porém, não há comprovação real de que o cabelo cresça 6 centímetros por mês.

“Entretanto, se você está em busca de um tratamento que traga resultados eficazes, a soroterapia pode ser uma ótima opção. Porém, é importante lembrar que cada pessoa reage de forma diferente ao tratamento e é necessário consultar um profissional de saúde antes de iniciar a soroterapia capilar”, conclui a Dra. Renata de Nóbrega.

Com Assessorias

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *