O novo pronto-socorro do Pan Americano terá capacidade de atendimento a 5 mil pacientes por mês e vem atender a uma demanda crescente por serviços de saúde na região (Foto: Divulgação)
O novo pronto-socorro do Pan Americano terá capacidade de atendimento a 5 mil pacientes por mês e vem atender a uma demanda crescente por serviços de saúde na região (Foto: Divulgação)

O carioca acaba de ganhar duas novas unidades hospitalares na rede privada de saúde. Está funcionando desde 16 de novembro, no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, uma nova Emergência Pediátrica, com área total de 1.600 m² e capacidade para realizar cerca de 18 mil atendimentos por mês, três vezes superior à atual. Já o Pan Americano, tradicional hospital na Tijuca, inaugurou um pronto-socorro no dia 13, com capacidade de atendimento a 5 mil pacientes por mês, em um espaço de 480 m², com 10 cadeiras de hidratação, 11 leitos, área de isolamento, laboratório e radiologia.

As novas unidades vêm atender a uma demanda crescente por serviços de saúde nas duas regiões. O Hospital Vitória integra o complexo médico-hospitalar Americas Medical City, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, região que concentra 41% (2,6 milhões de habitantes) da população da cidade, segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2015. Já a Tijuca, de acordo com o Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), está localizada na área mais habitada do Rio de Janeiro, a Zona Norte, e tem uma população de cerca de 180 mil moradores – maior que a de cidades como Macaé e Cabo Frio, por exemplo.

Monitores em leitos da emergência pediátrica

A nova Emergência Pediátrica do Hospital Vitória conta com 13 consultórios, três exclusivamente dedicados ao primeiro atendimento e classificação de risco, e outros dez para a consulta com médicos especialistas do hospital; dez leitos de observação, sendo um para casos que necessitam de isolamento; duas salas para atendimento de pacientes em estado grave e sala para realização de suturas e curativos.

Os pacientes terão suporte 24 h de uma equipe multidisciplinar, composta por pediatras, radiologistas, cirurgiões, anestesistas, ortopedistas, médicos intensivistas, equipes de enfermagem e fisioterapia – todos especializados no atendimento infantil. Outro diferencial é o monitor instalado em todos os leitos de observação, com controle rigoroso da equipe através da central de monitorização.

A parte de medicina diagnóstica da ala de pediatria inclui equipamentos de raio-X e ultrassonografia, exclusivos para os pacientes de até 18 anos, e conta ainda com todo o parque tecnológico do Americas Medical City. A área de espera foi cuidadosamente projetada para acolher as crianças e seus pais com decoração com ilustrações e atividades lúdicas, que estão em todas as áreas que compõem a nova Emergência Pediátrica, minimizando os efeitos de curtos e longos períodos de permanência em ambiente hospitalar.

“O fluxo de atendimento contempla a assistência integral aos pacientes pediátricos, desde a priorização dos casos de urgência, realização de exames complementares no próprio setor, cuidados intensivos dos pacientes que necessitam ficar em observação e internação, além de orientações detalhadas aos pais sobre a continuidade do tratamento. O médico assistente da criança receberá todas as informações do atendimento, o que é importante para o seguimento da assistência e para evitar retornos desnecessários a emergência”, destaca a diretora do Núcleo de Pediatria do Hospital Vitória, Maria da Glória Neiva.

Mais 40 novos leitos em 2018 no Pan Americano

Hoje, o Hospital Pan Americano atende uma média de 650 pacientes por mês. No próximo ano, com a abertura de 40 novos leitos (de 120 para 160), a expectativa é que a capacidade de atendimento aumente em 30%. Atualmente, a Unidade de Terapia Intensiva do hospital tem 18 leitos, voltados para pacientes adultos de alta complexidade.

A inauguração do pronto socorro do Pan Americano faz parte de um grande projeto de modernização do hospital, de R$ 12 milhões, que tem como foco reformas estruturais, novos equipamentos e implementação de protocolos de atendimento e de segurança ao paciente. Até o ano passado, o atendimento de emergência ocorria na Rua Conde de Bonfim, em outra unidade pertencente ao hospital. A partir de agora, a emergência ficará localizada dentro do Pan Americano, na Rua Moura Brito.

 

O diretor executivo do hospital Pan Americano, Edson Gonçalves, ressalta a relevância da unidade para a região. “Estamos investindo forte para que o hospital seja a referência de atendimento na Tijuca. Este ano, já fizemos reformas na UTI e na recepção, estamos inaugurando o pronto-socorro e, no próximo ano, reformaremos todos os andares”, destaca.

O Pan Americano também dispõe de nove salas cirúrgicas para procedimentos marcados e de emergência.  “Vale destacar que, aliado à parte estrutural, temos um corpo cirúrgico forte, com destaque para os setores de cirurgia geral, ortopedia, ginecologia e urologia”, conclui Gonçalves.

Fonte:  Americas Medical City e Amil

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *