Não ao sedentarismo: saiba por que e como adotar uma vida ativa

Precisa de incentivo para levar os exercícios a sério? Veja 7 motivos para engrenar de vez, 8 dicas para começar e 6 atividades gratuitas

Dá para colocar a atividade física em dia dentro de casa (Foto: Divulgação)
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é considerado um dos países mais sedentários da América Latina. Cerca de 47% da população com 18 anos ou mais é considerada sedentária, ou seja, não praticam nenhum exercício físico com frequência ou fazem atividades insuficientes.

O sedentarismo é um dos principais fatores de risco para uma série de doenças crônicas, como obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, problemas musculoesqueléticos, distúrbios metabólicos e até aumento do risco de mortalidade prematura e de alguns tipos de câncer. Além disso, pode levar a problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Neste domingo, dia 10 de março, é comemorado o Dia Nacional do Combate ao Sedentarismo, uma data que nos convida a refletir sobre a importância da atividade física na nossa saúde e bem-estar. “Em um mundo cada vez mais dominado pela tecnologia, que acaba nos deixando menos ativos, é crucial conhecer os benefícios de adotar um estilo de vida mais ativo”, diz a  vice-presidente global de Desempenho Esportivo e Educação Física da Herbalife, Samantha Clayton.

A atividade física regular pode ajudar a reduzir o risco desses problemas e melhorar a qualidade de vida. O importante é encontrar uma atividade que você goste e que se encaixe na sua rotina, que seja mais fácil para manter a prática regularmente”,  afirma a médica cardiologista do Vera Cruz Hospital, em Campinas (SP), Daniella Salaorni.

Para quem faz parte desse grupo, chegou a hora de reavaliar a qualidade de vida. Samantha lista os 7 benefícios dos exercícios para a saúde física e mental, com base em estudos científicos. E a cardiologista traz  dicas para quem quiser começar a se exercitar, incluindo sugestões de atividades gratuitas gratuitas.

7 benefícios da atividade física para a saúde

Segundo Samantha Clayton, não é necessário se tornar um atleta de elite para colher os benefícios da atividade física. “Seja consistente e faça do movimento uma parte natural do seu dia a dia”, recomenda. Ela lista os benefícios de uma vida ativa vão muito além da prevenção de doenças. Confira!

1. Melhora o bem-estar psicológico

Os exercícios físicos não apenas fortalecem o corpo, mas também têm um impacto positivo no bem-estar mental. “A prática regular de atividades físicas desencadeia a liberação de hormônios como serotonina e endorfina, conhecidos por promoverem sensações de felicidade e relaxamento”, comenta a vice-presidente global de Desempenho Esportivo e Educação Física da Herbalife, Samantha Clayton, o

Um estudo publicado na Lancet Psychiatry revelou que pessoas que se exercitam regularmente têm menos dias ruins relacionados à saúde mental do que aquelas que não se exercitam. Segundo a análise, as maiores associações foram observadas com os esportes coletivos populares, ciclismo e atividades aeróbicas e de ginástica, bem como durações de 45 minutos e frequências de três a cinco vezes por semana.

2. Aumenta a longevidade

A adoção de uma rotina de exercícios está associada a uma vida mais longa e saudável, de acordo com pesquisadores da Harvard T.H. Chan School of Public Health. Ao analisar dados de mortalidade de mais de 100.0100 mil adultos registrados durante 30 anos de registros médicos, os estudiosos identificaram que a prática regular de exercícios moderados pode aumentar a expectativa de vida em até 4,5 anos. “Investir em um estilo de vida ativo é garantir um futuro mais longo, com energia e independência para realizar as atividades do dia a dia“, coloca Clayton.

3. Estimula o cérebro

A atividade física também é capaz de aumentar a neuroplasticidade, a capacidade do cérebro de formar novas conexões neurais. Análises da University of British Columbia mostraram que os exercícios aeróbicos regulares estão associados ao aumento do tamanho do hipocampo, região do cérebro relacionada à memória e ao aprendizado. “Portanto, a atividade física regular não só fortalece os músculos, mas também o cérebro, contribuindo para uma mente mais ágil e focada”, explica Clayton.

4. Faz bem para a saúde do coração

American Heart Association reforça que a atividade física é vital para a saúde cardiovascular e recomenda exercícios regulares como uma maneira eficaz de prevenir doenças cardíacas e manter a saúde do órgão mais importante do ser humano.

5. Ajuda a fortalecer os ossos

Os exercícios de resistência, como a musculação e o treinamento com pesos, são essenciais para fortalecer os ossos e prevenir condições como a osteoporose, ao aumentar significativamente a densidade mineral óssea. Isso é o que mostra o estudo publicado no Journal of Bone and Mineral Research.

6. Contribui para o controle do peso

Estudo publicado pelo National Institutes of Health (NIH) mostra que a combinação de dieta equilibrada e exercícios físicos é mais eficaz na perda de peso do que apenas fazer dieta. “Os exercícios não apenas queimam calorias, mas também aceleram o metabolismo, tornando mais fácil manter um peso saudável a longo prazo”, explica a especialista.

7. Melhora a qualidade do sono

Dormir bem é crucial para ter uma boa saúde física e mental. Portanto, se você está cm problemas para ter uma boa noite de sono, saiba que análises da National Sleep Foundation indicaram que 150 minutos de atividade física moderada a vigorosa por semana resultam em uma melhora de 65% na qualidade do sono. “O exercício regular pode ser a chave para ajudar você a ter um sono reparador.”

8 dicas para quem quer começar a se exercitar

Corrida de rua é uma das atividades físicas gratuitas que qualquer um pode fazer (Foto: Divulgação)

A médica cardiologista Daniella Salaorni traz algumas sugestões de atividades físicas gratuitas que podem ajudar a combater o sedentarismo. E para quem quiser começar a se exercitar, ela traz algumas sugestões de atividades gratuitas.

1 – Não espere o momento ideal, apenas comece. Qualquer frequência por semana é melhor do que nada;

2 – ⁠Não restrinja a prática de esporte à academia, pois existem várias modalidades pelas quais você pode se interessar. O importante é que você goste e que se torne um hábito duradouro;

3 – Persista, mesmo que no início você não goste muito da atividade. O hábito vai fazer você gostar, especialmente ao perceber os benefícios para o seu organismo, a melhora da saúde mental, maior disposição e ânimo;

4 – ⁠Desafie-se, encontre uma motivação para seguir adiante e coloque metas para suas atividades;

5 – Antes de iniciar as atividades físicas, faça uma avaliação cardiológica, especialmente se você tem alguma doença crônica conhecida ou histórico familiar de doença cardiovascular;

6 – ⁠⁠Tenha um dia a dia ativo e menos sedentário. ⁠Sempre que possível, troque o percurso de carro pela caminhada ou bicicleta; ao subir andares, troque o elevador por escadas e inclua mais movimento na sua rotina;

7 – Use roupas e calçados apropriados para a prática da sua atividade física, pois isso propicia mais conforto. Mantenha a hidratação, isso ajuda a fortalecer a disposição para a atividade;

8 – ⁠Incentive a prática de esportes desde a infância. Crianças que crescem com essa cultura são mais saudáveis e com menores riscos de doenças futuras, inclusive obesidade e transtornos de ansiedade.

6 opções de atividades físicas gratuitas

Existem várias opções de atividades físicas gratuitas que podem ser praticadas para combater o sedentarismo:

– Caminhada ou corrida ao ar livre: uma maneira simples e acessível de se exercitar é caminhar ou correr em parques, praças ou em áreas próximas à sua casa;

– Treino em casa: existem inúmeros vídeos e aplicativos gratuitos que oferecem treinos de diferentes intensidades e modalidades, como yoga, pilates, treino funcional, entre outros, que podem ser feitos em casa, sem a necessidade de equipamentos especiais;

– Dança: é uma forma divertida de se exercitar. Muitas vezes, é possível encontrar aulas gratuitas ou vídeos on-line que ensinam diferentes estilos;

– Exercícios de alongamento e fortalecimento: alongamentos e exercícios de fortalecimento muscular, como flexões, abdominais e agachamentos podem ser feito em casa e ajudam a melhorar a flexibilidade e a força muscular;

– Esportes em grupo: juntar-se a grupos locais que praticam esportes coletivos, como futebol, vôlei, basquete, entre outros, pode ser uma forma divertida e social de se exercitar;

– Ciclismo: pedalar é uma ótima opção para quem gosta de estar ao ar livre. Muitas cidades têm ciclovias ou áreas seguras para a prática desse esporte.

Com assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!