Já é Carnaval nas ruas do Rio: veja dicas para a maratona da folia

ViDA & Ação traz um servição dos blocos de rua e atrações em locais fechados neste fim de semana. Dá para curtir um Carnaval saudável e sustentável no Rio

Carnaval de rua do Rio mistura alegria, cores e ritmos (Foto Fernando Maia / Riotur)
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Já é Carnaval nas ruas do Rio desde 11 de janeiro. E a grande festa do povo só acaba no dia 26 de fevereiro. Este ano, são 453 desfiles oficiais, 50 já neste final de semana, entre cortejos e ensaios técnicos. E tem festa para todos os gostos e públicos: misturando samba, funk, axé, MPB, rock, sertanejo, forró, piseiro, reggae, soul… Ufa! Haja fôlego!

Mas e você, está preparado/a para a maratona? Foliã de carteirinha e apaixonada pela energia dessa grande festa democrática ao ar livre, eu já separei as fantasias e estou aqui finalizando a minha agenda de blocos para curtir os melhores da cidade – mas é claro que sempre tem algumas mudanças de rota de última hora e lugar pra mais um (risos).

O primeiro da lista é o tradicional Imprensa que eu Gamo, neste sábado (27), em Laranjeiras. Criado por jornalistas há mais de 20 anos, numa mesa de bar do Mercadinho São José, em Laranjeiras, era até o início dos anos 2000 o primeiro bloco a desfilar no Rio, duas semanas antes da abertura oficial do Carnaval. Hoje em dia, é tanto bloco saindo cada vez mais cedo que a gente até se perde.

Abaixo, você confere mais informações sobre o Carnaval de Rua do Rio – a maioria das atrações é gratuita, claro, mas também tem folia em espaços fechados e pagos. E para garantir que a saúde não vai ‘atravessar’ nas avenidas, ruas, praças, parques e clubes, o Portal ViDA & Ação separou um desfile de dicas de especialistas para você aproveitar bem a festa – não só no Rio de Janeiro, como em qualquer lugar do Brasil.

Megablocos: Preta Gil, curada do câncer, faz festa privada na Barra

Em 2022 e 2023 Preta Gil cancelou seu megabloco no Centro. Em 2024, fará uma festa privada com vários artistas (Foto: Divulgação)

Este ano, serão três desfiles a menos que no Carnaval de 2023. Em compensação, o número de megablocos (que arrastam mais de 100 mil foliões) no Centro do Rio aumentou de oito para 10. O primeiro a desfilar foi o Carrossel de Emoções, megabloco que ficou famoso por tocar grandes sucessos dos anos 1990 e 2000 e misturar música pop, samba, pagode e funk desde 2012. 

Os destaques ficam para o tradicional bloco Cordão da Bola Preta, Monobloco, Bloco da Anitta e o Fervo da Lud. O também gigante Bloco da Preta não vai estar nas ruas de novo este ano, assim como ocorreu em 2022, por conta da crise da Covid-19, e 2023, quando a cantora começava um tratamento para câncer no intestino (também conhecido como câncer do cólon e reto). 

No entanto, Preta Gil será homenageada em um dos megablocos, o Bloco da Favorita. A cantora ainda preparou uma festa fechada no dia 4 de fevereiro. no Rio Arena, na Barra da Tijuca, para comemorar os 15 anos do seu bloco, com o sugestiva hasghtag #CarnaCura – com certeza, o Carnaval também é saúde e cura as pessoas de vários males. A festa terá participações de PablloVittar, Rogério Flausino (ex-Jota Quest) e muitos outros. 

Água de graça, carros-pipa para refrescar e banheiros para PCDs

A maior concentração dos desfiles de blocos autorizados pela Prefeitura do Rio fica no Centro da cidade, somando 128 apresentações, seguido pelos bairros da Zona Sul, que receberão 98 desfiles oficiais, e da Grande Tijuca (incluindo Vila Isabel e Grajaú), com 60.

Haverá 34 mil banheiros químicos pela cidade, sendo 10% voltados para o público PCD (Pessoas com Deficiência). E é bom ficar ligado na lei que multa quem faz xixi na rua. Haverá fiscais percorrendo os blocos e a multa é de R$ 773,65 para os mijões e mijonas flagrados. Já quem jogar pequenos resíduos nas ruas pode ser multado em R$ 282,38.

E para quem estava preocupado com o calorão na cidade, principalmente depois da morte de uma fã da cantora Taylor Swift no Engenhão, uma boa notícia: haverá pontos de distribuição de água espalhados ao longo dos blocos, com os chamados ‘aguadeiros da Cedae’, além dos tradicionais carros-pipa para refrescar os foliões.

Casabloco e Universo Spanta ‘esticam’ a folia em vários ritmos

Depois de passar pela Casa França Brasil e Clube Monte Líbano, Casabloco estreia este ano nos jardins do MAM (Foto: Bruno Lima / Divulgação)

Mas não é só nas ruas que a folia carioca acontece. Clubes, casas de shows e outros espaços de eventos da cidade também entram no ritmo da folia e antecipam suas apresentações – algumas já desde 5 de janeiro.

Neste final de semana, por exemplo, dois grandes eventos privados prometem dividir a atenção do público que a-do-ra esse clima festivo e efervescente da ‘cidade maravilha, purgatório da beleza e do caos‘ – boas opções também para quem gosta de Carnaval, mas não curte muito a ‘muvuca’ dos blocos abertos.

Pela primeira vez no Museu de Arte Moderna (MAM), a Casabloco – que já se firmou como um dos mais potentes encontros com as diferentes vozes e ritmos do Carnaval brasileiro – está de volta, com uma grande, colorida e divertida programação, que vai além dos shows musicais.

O evento traz ainda uma mostra de cinema sobre carnavais, rodas de conversa com carnavalescos, oficinas de adereços e maquiagem artística e uma feira (A Rua É Nossa), reunindo empreendedores que produzem arte para o Carnaval, como adereços, acessórios, fantasias e maquiagem e muito mais.

Com a mesma pegada de celebrar a diversidade musical brasileira, porém, sem o mesmo compromisso de valorizar todo esse “ecossistema” da indústria do carnaval, a Marina da Glória recebe, desde 5 de janeiro, mais uma edição do esperadíssimo Universo Spanta, um festival “irreverente, criativo e plural” que surgiu das costelas do bloco Spanta Neném.

Grandes atrações com ingresso solidário e meia entrada para idosos e PCDs

Pra não atrapalhar a programação da semana quente do Carnaval – já que muita gente desfila na Marquês de Sapucaí – a Casabloco antecipou sua programação para este fim de semana, de sexta (26) até domingo (28), com grandes atrações, reunindo desde Ferrugem a veteranos como Alceu Valença, Sidney Magal, Sandra de Sá, Fernanda Abreu, Lenine e Marcelo D2.

Tem ainda verdadeiros patrimônios do Carnaval carioca, como o impagável bloco Fogo e Paixão, o popular Cordão do Boitatá e o tradicionalíssimo Cacique de Ramos. Vale conferir a banda paulista Ritallina – que, como o nome supõe, traz sucessos de Rita Lee, que deixou sua legião de fãs em 2023, levada por um câncer – e a baiana Timbalada. Confira a programação no instagram.

Luiz Gonzaga, o Gonzagão, é o grande homenageado do Universo Spanta 2024. Neste final de semana, o festival na Marina da Glória tem entre os destaques o festejado grupo de pagode Raça Negra e os sertanejos Jorge e Mateus e João Gomes, jovem talento do forró e do piseiro, neste sábado (27). Já no domingo (28), o destaque vai para o cultuado Martinho de Silva e o também veterano Benito de Paula. Tem ainda o cantor Belo e a Furiosa, famosa bateria do Salgueiro encerrando a festa.

Uma pena só que os dois eventos acontecem no mesmo fim de semana e o ingresso, pra muita gente, é salgado: mínimo de R$ 120 por noite no Spanta, podendo chegar a R$ 900. Já na Casabloco, o valor é fixo (R$ 80).

Para ambos, valem todas as gratuidades e descontos previstos em lei – meia entrada para estudantes, idosos, pessoas com deficiência (PcD), jovens de baixa renda e professores da rede pública.

A dica para quem não se enquadra nesses quesitos é o ingresso solidário: basta levar 1 kg de alimento e, além de fazer  uma boa ação, ganhar 50% de desconto no ingresso inteiro nos dois eventos. O mesmo é válido para o Bloco da Preta, na Barra, que tem ingressos entre R$ 80 e R$ 210 – saiba mais aqui.

De olho na sustentabilidade: folião pode levar copo de casa

Preocupada com a sustentabilidade – um quesito no qual ViDA & Ação fica sempre de olho no Carnaval – , a Casabloco, comandada pela jornalista Rita Fernandes, não só promove oficina de adereços com materiais reciclados, como incentiva a redução de consumo de plástico e apenas os copos reutilizáveis poderão ser usados durante todo o evento.

Na hora, é possível comprar um copo da Casabloco por apenas R$ 5 ou levar o seu de casa – só vamos combinar que não dá pra fazer propaganda de nenhuma marca porque os patrocinadores não gostam, é claro.

Os shows acontecem ao ar livre, nos jardins do MAM – que, pra quem não sabe, foram projetados por Roberto Burle Marx, abrigando 30 esculturas numa área de 6 mil metros quadrados.

Como não dá pra combinar com São Pedro em tempo de mudanças climáticas, a produção montou uma megaestrutura pra ninguém ficar na chuva, que promete cair todo o fim de semana.

Dicas para aproveitar a folia sem perder a saúde

Para alguns, a proximidade do Carnaval significa se preparar fisicamente para desfrutar ao máximo dos momentos de folia. Existem também aqueles que dedicaram tempo ao condicionamento físico durante o período festivo.

Independentemente do “bloquinho” a que você pertence, o fundamental é dar o primeiro passo. O importante é começar, independentemente do ponto de partida, e, claro, aproveitar a folia.

Tanto para aqueles que são assíduos frequentadores da academia quanto para aqueles que estão ponderando dar os primeiros passos em direção a uma vida mais ativa, é essencial se preparar para a folia, aproveitando cada momento, batida, confete e serpentina.

Além disso, é crucial apreciar a festa sem preocupações estéticas, priorizando sempre a saúde, o bem-estar e a alegria de dançar ao som do trio elétrico sem se prender a medidas ou padrões. No Carnaval, todo corpo é um corpo de folião!

Atenção ao risco de contusões e lesões

Larah Melo (foto abaixo), profissional de educação física da Bodytech, alertam para a importância da preparação para o ‘atleta’ que pretende cumprir a maratona de blocos neste Carnaval.

Para Larah, os foliões devem ter cuidado especialmente em relação às articulações e, principalmente, na questão da hidratação. Afinal de contas, muitos acabam passando muitas horas em pé, sem se hidratar corretamente, o que aumenta as chances de desidratação e, até mesmo, de lesões em partes como os membros inferiores, como as pernas.

Se engana quem pensa que, em festas como a folia do momo, o risco de contusões não existe. De acordo com Larah, da mesma forma que atividades no cotidiano, durante os dias de folia também estamos sujeitos a perigos como contusões e lesões.

“Com o famoso ‘empurra-empurra’, há uma grande probabilidade sim, e os números pós folia também confirmam esses acidentes. Por isso, a melhor dica é se divertir de maneira segura, evitando ficar aglomerado em um mesmo local, e procurando o seu espaço dentro do bloco”, sugere.

Foco no cardio e nos treinos de resistência

Leandro Twin (foto ao lado), assessor esportivo nacional e embaixador da Bluefit Academia, faz um alerta a quem vai pegar pesado no roteiro de blocos.

“Não deixe de lado os exercícios cardiovasculares ou aeróbicos nas semanas que antecedem o Carnaval. Este é o momento propício para aprimorar a resistência, preparando gradualmente o corpo para enfrentar os dias de folia. Seja correndo, caminhando ou pedalando, o treino cardiovascular melhora a eficiência do corpo na utilização de energia, reduzindo a fadiga durante atividades prolongadas”, destaca.

Segundo ele, a musculação surge como uma aliada para ganhar resistência muscular, prevenir lesões e aprimorar o desempenho físico. “Exercícios como prancha, agachamentos, levantamento terra, afundo e flexões de braço fortalecem diversos grupos musculares, contribuindo para um corpo mais preparado para os dias intensos de Carnaval”, comenta.

Larah reforça que uma dica importante é trabalhar os músculos pelo menos três vezes por semana, além de exercícios focados no cardio de, pelo menos, 20 minutos, para conseguir aguentar os dias de folia.

“Um treino multiarticular, ou seja, que engloba todas as musculaturas do corpo, sem exageros quanto a carga, para não se lesionar, além do cardio, reduzem significamente as chances de você ficar cansado nessa maratona da folia”, pondera a profissional.

Entre as partes mais trabalhadas, Larah Melo dá ênfase a região lombar. “O tempo em que ficamos em pé na folia demanda muita sobrecarga ao eixo axial. Um ótimo trabalho de fortalecimento alinhado às demais musculaturas é de extrema importância a fim de se evitar dores posteriormente”, ressalta.

Durante a folia, é recomendado fazer um trabalho de retorno venoso, ou seja, flexão plantar no solo (20 repetições a cada 3 horas) ajudando assim na nossa circulação e sobrecarregando menos nosso coração.

Café da manhã reforçado e muita hidratação

Já quanto à nutrição, Larah sugere a inclusão de um café da manhã reforçado, além da inclusão de proteínas na dieta, já que o folião tende a ficar por muitas horas em pé e na mesma posição.

“ É importante que, inicialmente, não se faça dietas ríspidas ou passar fome antes de ir. Um café da manhã reforçado; um bom arroz com feijão e a proteína; frutas que possuem bastante água em sua composição e não esquecer por um minuto da água”, finaliza.

Para Leandro, ainda é possível emagrecer até o Carnaval com segurança, desde que haja disciplina, compromisso e metas realistas. “Seguir um plano alimentar adequado, praticar exercícios regularmente e garantir um descanso ideal pode resultar em uma perda média de três quilos de gordura por mês de maneira saudável. Evite soluções milagrosas, dietas extremas ou treinos exaustivos, preservando sempre a saúde”, recomenda.

4 Segredos para um Carnaval inesquecível

Além da preparação física, algumas dicas adicionais contribuem para aproveitar o Carnaval sem prejudicar a saúde:

  1. Opte por roupas leves e confortáveis, priorizando calçados adequados.
  2. – Nos intervalos, consuma frutas, sucos naturais e água de coco para repor minerais.
  3. – Evite produtos industrializados com excesso de açúcar, sal, refrigerantes e bebidas alcoólicas.
  4. – Mantenha-se hidratado, carregando uma garrafa de água para consumo frequente.

 

 

Agenda de blocos neste final de semana

Veja abaixo a programação dos blocos de rua do Rio para este final de semana. E se você ainda não se decidiu, não tem problema. O aplicativo Partiu Bloquimmm traz a agenda oficial de blocos, que podem ser encontrados por geolocalização. O app está disponível em todas as plataformas digitais.

Sábado, dia 27

    • Bloco da Gold — às 7h, no Centro (Avenida Presidente Antônio Carlos).
    • Desliga da Justiça — às 8h, no Centro (Praça Tiradentes).
    • Ensaio Calcinhas Bélicas — às 10h, na Concha Acústica Marielle Franco, no Maracanã.
    • Spanta Neném — às 11h, em Ipanema (Avenida Epitácio Pessoa, sem número).
    • GB Bloco — às 13h, em Laranjeiras (Rua General Glicério, 206).
    • Imprensa Que Eu Gamo — às 13h, em Laranjeiras (Rua Gago Coutinho).
    • Bloco do Show — às 14h, em Ramos ().
    • Lança Perfume no Metaverso — às 14h, na Pedra do Sal.
    • Tá Pirando, Pirado, Pirou — às 14h, no Rio Scenarium (Rua do lavradio, 20, no Centro). Concurso de samba.
    • Ensaio Bloco da Terreirada — às 14h30, no MAM (Av. Infante Dom Henrique, 85, no Parque do Flamengo).
    • Fala Meu Louro — às 15h, em Santo Cristo (Rua Waldemar Dutra, 19).
    • Pega Rex — às 15h, em Ipanema (Rua Visc. de Pirajá, 360).
    • Vou Treinar e Volto Já — às 15h, na Tijuca (Praça Castilhos França, 33).
    • Calma Amor — às 16h, em Irajá (Avenida Monsenhor Félix, 710).
    • Nem Muda Nem Sai de Cima — às 16h, na Tijuca (Avenida. Maracanã, 838).
    • Bloco da Praia — às 16h, em Pedra de Guaratiba (Rua Barros de Alarcão, 370).
    • Seu Kuka e Eu do Grajau — às 16h, na Tijuca (Rua Barão de Mesquita, 1.032).
    • Gordelicia — às 16h, em Piedade (Rua Bernardinho de Campos, 77).
    • Planta na Mente — às 16h, no Viaduto Realengo.
    • Mistura de Santa — às 17h, em Santa Cruz (Mirante do Rato Molhado)
    • Aconteceu — às 17h, em Santa Teresa (Rua Monte Alegre, 337).
    • Noites do Norte — às 17h, no Leme (Quiosque Ginga).
    • Maracutaia — às 17h, na Praça XV.
    • Bloco da Poderosa — às 18h, no Centro (Rua Imperatriz Leopoldina, 55).
    • Bloco das Carmelitas — às 18h, no Centro (Praça Tiradentes).
    • Bigode do Leoncio — às 19h, na Gamboa (Praça da Harmonia).
    • Tupife — às 19h, no Leme.
    • Simpatia é Quase Amor — às 19h, na Saúde (Cais da Imperatriz).

Domingo, dia 28

Bloco da Lexa com Seraqabre — às 7h, no Centro (Avenida Presidente Antônio Carlos).

Bigodinho Esticado — às 8h, no Méier (Rua Adriano, 300).

Me Esquece — às 8h, no Jardim Botânico (Rua Pacheco Leão, 162).

Bloqueen — às 8h, no Flamengo (Avenida Infante Dom Henrique, 10).

Ensaio Técnico do Multibloco — às 8h, no Centro (Rua dos Inválidos entre Henrique Valadares e Mem de Sá).

Mini Seres do Mar — às 8h, em Laranjeiras (Rua Gen. Glicério, 445).

Piratas — às 8h, na Saúde (Largo de São Francisco da Prainha).

Vira Lata — às 9h, em São Conrado (Avenida Pref. Mendes de Morais, 90).

Calma, Calma Sua Piranha — às 9h, no Humaitá (Rua Visc. de Caravelas, 2).

Se Não Quiser Me Dar Me Empresta — às 10h, em Ipanema (Avenida. Vieira Souto, 100).

Vai Tomar no Grajaú — às 10h, no Grajaú (Avenida Eng. Richard, 112).

Foliões do Rio — às 11h, no Jardim Guanabara (Praia da Bica).

Faroeste Cabloco — às 13h, na Tijuca (Rua Oliveira da Silva, 11).

Independente do Morro do Pinto — às 14h, em Santo Cristo (Rua Farnese, 81).

Bloco das Gambas — às 14h, no Rio Comprido (Rua Aristídes Lôbo, 220).

Soul da Gema — às 14h, na Barra da Tijuca (Avenida Lúcio Costa, 3360).

Máfia do Pandolfi — às 15h, em Sepetiba (Praia de Sepetiba, 1.408).

Tambores de Olokun — às 15h30, no Centro (Rua Uruguaiana, 77)

Coração das Meninas — às 16h, na Saúde (Rua Sacadura Cabral, 359).

Xodó da Piedade — às 16h, no Encantado (Rua Pedro Domingues, 80).

Tecnomacumbloco — às 16h, na Saúde (Avenida Barão de Tefé, 29).

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!