‘Faço coisas que para a Medicina são impossíveis realizar’

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Stephanee Diniz é uma jovem cadeirante que acaba de se lançar no mundo da literatura para inspirar pessoas com a história da sua vida.  Ela nasceu com hidrocefalia e paralisia nos membros inferiores, foi desenganada por médicos, mas resistiu. Hoje aos 22 anos, Teté, como é conhecida, é estudante de Administração e pratica esportes, e escreve seu primeiro livro, intitulado “Viver, o Direito de Todos”.

Confira o depoimento de Stephanee Diniz ao Blog Vida & Ação:

sthephane-3

“Eu estava no ventre da minha mãe há seis meses quando ela foi ao Hospital Federal de Bonsucesso. Era uma gestação normal e ela queria apenas saber meu sexo. Ultrassonografia feita e uma observação adicional dos médicos: havia um aumento de liquido intracraniano. O que minha mãe não sabia é que este aumento de liquido no cérebro era a hidrocefalia. Ali começou a luta de minha mãe por minha vida.

Sou do Rio de Janeiro, faço coisas que para a Medicina são impossíveis realizar, mas os médicos nunca acreditaram que eu poderia fazer as coisas que faço atualmente.  Quero contar e mostrar para o mundo que nada é impossível quando a gente realmente quer. Quando vejo pessoas saudáveis reclamando por uma dor de cabeça, deixando de fazer atividades por causa da chuva ou do sol, tenho muita vontade de contar minha trajetória.

Por isso resolvi escrever um livro contando minha história de vida com o objetivo de motivar e ajudar pessoas com doenças graves e que não têm condições financeiras para pagar um tratamento. A situação na saúde pública está um caos. Em muitos casos é preciso comprar medicamentos que muitas vezes são caros e o governo não fornece.

A verba obtida com as vendas dos exemplares tem destino certo. Vou ajudar aqueles que não têm recursos para realizar cirurgias urgentes e não podem mais esperar, e também quem precisa comprar aparelhos ortopédicos e respiratórios, entre outras coisas relacionadas à saúde”.


capa

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!