Marcos Antônio, de 47 anos, ficou internado na ala Covid durante sete dias no início de junho, inclusive com passagem pela UTI do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM), em Curitiba (PR). Durante o período de internamento, diz que foi muito bem tratado pelas equipes, mas percebeu algumas necessidades dos profissionais que o atenderam. Após receber alta, sentiu vontade de retribuir de alguma forma.

Pessoas muito dedicadas, que trabalham com amor ao que fazem, sempre com sorriso no rosto, não medem esforços para recuperação de todos os pacientes. Quando retornei para casa fiquei com algumas imagens na cabeça e ao conversar com alguns amigos, tomamos a decisão de doar os equipamentos que poderão ser bastante úteis para outras pessoas”, conta ele.

Marcos e outros amigos tomaram a iniciativa de doar equipamentos para o Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM): duas poltronas, cadeira, muletas, andador e dez unidades de mini-bikes (equipamento utilizado pela equipe de fisioterapia com objetivo de recuperar a força muscular dos pacientes).

Só quem passou pelo que eu passei pode comprovar que é maravilhoso o carinho que estas pessoas têm pelo próximo, por isso não podemos nunca esquecer de valorizar estes profissionais. A doação é o mínimo para retribuir tanta dedicação”, destaca.

A atitude de Marcos e seus companheiros emocionou a equipe de profissionais que atuam na ala Covid, como conta a coordenadora de Fisioterapia, Priscila Guedes Vaz. “Para nós da equipe esse tipo de reconhecimento dá um novo ânimo e mais fôlego para seguir nessa difícil batalha. Além de ajudar outros pacientes que farão uso dos equipamentos, eles valorizaram todos os profissionais, nos permitindo maior qualidade em nosso trabalho”, disse.

O diretor administrativo do HUEM, Wilson Costa, ressaltou a relevância de ações com esta: “As doações são muito importantes para nós, já que neste momento os insumos da saúde encareceram bastante, são atitudes muito bem-vindas, pois ampliam nossa capacidade de atendimento”.

O HUEM faz a diferença na saúde pública da região de Curitiba. Por ano, são realizados na unidade mais de 1,3 milhão de atendimentos, 27 mil internações, 24 mil cirurgias, 180 mil consultas ambulatoriais, 1 milhão de exames e mais de 3 mil partos. O desempenho em procedimentos de alta complexidade contempla tanto o Sistema Único de Saúde (SUS), quanto a rede particular.

As ações solidárias de pessoas, empresas e toda a comunidade contribuem para que nossa instituição mantenha-se ativa 24 horas por dia na missão de salvar milhares de vidas. O emprego dos recursos representa reformas e ampliações que aumentam e qualificam o atendimento”, explica o diretor-geral do HUEM, Rogério Kampa.

Como ajudar o hospital

Uma plataforma desenvolvida pelo Hospital Universitário Evangélico Mackenzie permite que as doações sejam efetuadas por meio do site, mediante um cadastro simples. Ao acessar, o doador – pessoa física ou jurídica – pode escolher a periodicidade das doações.

Há ainda três opções para o direcionamento dos recursos: ala Covid, ala de queimados, ou para o hospital em geral – ajudando na realização de partos, transplantes, atendimentos a traumas, tratamentos oncológicos e outras especialidades.

Outra forma de contribuir com o hospital é por meio do programa estadual Nota Paraná. O programa permite que você doe suas notas fiscais a entidades filantrópicas como o hospital. No momento da compra você precisa solicitar o seu cupom ou nota fiscal sem CPF. Após isto, são quatro maneiras de efetuar a doação:

  1. depositando a nota fiscal sem identificação de CPF na sede do hospital ou em um dos estabelecimentos parceiros;
  2. enviando uma foto da nota fiscal para o whatsapp 41 99513-6844;
  3. acessando o site do programa com CPF e senha na aba “Minhas Doações”, acessar “Doar Notas” e digitar o CNPJ 60.967.551/0021-02 e a chave de acesso da nota fiscal; ou
  4. pelo aplicativo do programa, de forma semelhante ao site.

Casa que atende pacientes de câncer recebe doações de live shows

A Casa Ronald McDonald Rio de Janeiro recebeu mais de R$ 300 mil em doações via lives. Os shows acontecem com apresentações dos maiores artistas do país. O objetivo é trazer grandes influenciadores digitais e nomes do entretenimento, numa ação que mistura solidariedade e diversão em tempos de pandemia numa programação online.

Já se apresentaram Roupa Nova, Bruno e Marrone, Lucas Guimarães com participação especial de Léo Santana, Zé Felipe e Márcia Felipe, Gabi Martins com participação de Tierry e Cesar Menoti e Fabiano, além de Zé Vaqueiro, Maiara e Maraisa. Há novas apresentações programadas, como um grande show com Gigantes do Asfalto, em 7 de agosto.

A ação acontece em parceria com o  Estação Cap, da Capemisa Capitalização. As doações são oriundas da venda de título de capitalização da modalidade Filantropia Premiável para cada show realizado.

Respiradores para hospitais públicos de São Paulo

Para contribuir com os esforços no combate e tratamento da Covid-19, respiradores foram entregues a 27 unidades públicas municipais de São Paulo que ficam sob gestão da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein. A ação contou com apoio da DHL Supply Chain, que atua no setor de armazenagem, distribuição e transportes.

Desde o início da pandemia, a empresa se engajou ainda em outras atividades de apoio, como o transporte e manuseio de álcool em gel e produtos de higiene doados por uma multinacional para comunidades pobres do Rio de Janeiro, além de ações de ajuda a famílias e comunidades em áreas próximas às suas instalações.

Também foi oferecido apoio logístico ao Hospital Municipal de Campanha no Pacaembu e a entrega da doação de EPIs para 14 estados, ambas em 2020. No começo deste ano, a DHL providenciou o envio emergencial aéreo de insumos doados pela instituição para auxiliar na crise em Manaus.

Campanha para doação de leite em pó

O Brasil tem 4,4 milhões de crianças que vivem na pobreza extrema e enfrentam uma dura realidade marcada pela fome, segundo dados do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), Para tentar amenizar um pouco essa situação, o Instituto Horas da Vida, organização que promove a inclusão social e o acesso gratuito à saúde para pessoas em situação de vulnerabilidade social, acaba de lançar a campanha “Leite – Alimento da Vida e da Solidariedade”,.

O objetivo é doar leite em pó para 8.000 crianças que são assistidas por 20 organizações sociais de todo o país. A campanha, que se estende até agosto, pretende arrecadar o valor de R$ 210 mil para a compra de 20 mil latas de leite em pó para serem entregues às famílias necessitadas, colaborando com um crescimento saudável de crianças a partir de seis meses. A Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para a Saúde (Abimed) apoia a campanha.

A doação pode ser realizada no site do Horas da Vida até o dia 31 de agosto – veja mais neste link.

Alunos promovem campanha do agasalho em SP

As turmas dos 8ºs e 9ºs anos do Colégio Marista Glória, localizado na Zona Central de São Paulo (SP), irão promover até 30 de julho uma campanha do agasalho, com arrecadação por meio de sistema de drive thru, como medida de segurança no combate a Covid-19. Serão recolhidos agasalhos, meias, gorros, luvas, cobertores, mantas e roupas de cama, em bom estado para uso.

A campanha é realizada sob coordenação da Pastoral do Colégio, que incentiva a participação dos alunos em campanhas solidárias. O total arrecadado pela campanha será doado para uma instituição que cuida da população em situação de rua na capital paulista, a ser definida pelos alunos. 

A ação é inspirada na Invisible People, uma organização sem fins lucrativos que se dedica a educar o público sobre a situação de rua por meio de histórias, notícias e serviços jurídicos. Sua atividade inspira ações e aumenta a conscientização em apoio à defesa de direitos, mudança de políticas e diálogo cuidadoso sobre a pobreza na América do Norte e no Reino Unido.

Com Assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *