Saúde também é coisa de homem: caminhão oferece exames gratuitos

Nilópolis oferece ultrassonografia abdominal e pélvica, transretal da próstata e coleta do PSA e até mamografia para homens

(Fotos: Giulia Nascimento/ Divulgação PMN)
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

‘Saúde também é coisa de homem’. Este é o slogan da campanha do Novembro Azul, criado pela Secretaria de Saúde de Nilópolis, para oferecer uma série de exames gratuitos à população masculina. Numa iniciativa da Prefeitura junto ao Sistema Único de Saúde, o caminhão da Saúde Móvel chegou nesta quarta-feira (3/10) ao Parque Municipal do Gericinó e vai continuar no local até sexta-feira (5/10). No mês de combate ao câncer de próstata, são oferecidos aos homens ultrassonografia abdominal e pélvica, transretal da próstata e coleta do PSA (hormônio da próstata).

O Saúde Móvel conta com um urologista, um ultrassonografista para consultas. No caso do PSA, o paciente deveria ir ao Posto Central e solicitar o exame. São necessários três dias de repouso e sem esforço, para que o homem possa colher o sangue. O resultado é entregue no próprio posto de saúde onde o paciente fez a coleta e, se for necessário, ele deve retornar para nova consulta médica.

Terceiro sargento do Exército, Hugo Lourenço Jr, 58 anos, aguardava para fazer uma ultrassonografia abdominal da próstata. “Aconselho a todos que façam seus exames. Existe um tabu quanto ao exame de próstata, por exemplo. Muitos morrem porque não o fazem e, quanto mais cedo descobrir, melhor”, ressaltou ele, que está frequentando o Posto de Saúde de Nova Cidade. “Estou fazendo um check up e fui muito bem atendido lá”.

O prefeito Abraãozinho visitou o local acompanhado da vice-prefeita Flávia Duarte e da secretária de Saúde, Lenise Monteiro. Ele ressaltou a importância da descoberta do câncer de próstata na fase inicial. “O Novembro Azul tem esse nome por causa do combate e prevenção ao câncer de próstata. Como os outros tipos dessa doença, as chances de cura são maiores na fase inicial”, lembrou Abraãozinho.

“Começamos hoje o atendimento preferencial aos homens, porque saúde também é coisa de homem, como diz o nosso slogan”, afirmou a secretária de Saúde Lenise Monteiro.  Ela ressaltou que as equipes nos postos têm condições de fazer exames também como o PSA, que é a coleta dos marcadores. Após o resultado, o paciente deve agendar atendimento médico com urologista ou proctologista.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), três em cada dez casos de câncer em homens são diagnosticados na próstata. A estimativa em 2021 é que o país vai registrar 65. 840 novos casos. Enquanto nos Estados Unidos há notificação de 7,7 mortes para cada 100 mil homens, no Brasil são 13,6 casos para cada 100 mil homens.

Mulheres também são atendidas

Continua também o atendimento às mulheres que não conseguiram desfrutar desses serviços no mês de outubro. No local, eram oferecidas mamografia, densitometria óssea e ecocardiograma. Na quarta-feira, havia a expectativa de realizar 70 mamografias, 30 densitometrias ósseas e 80 ultrassonografias. Para ambos os públicos, foi necessário fazer o agendamento no Posto Central para o Sistema de Regulação.

Zuita Silva, 71 anos, soube da vinda do Saúde Móvel na Igreja Santa Rita de Cássia e levou o irmão Luiz Coelho, 73 anos. Ela fez o ultrassom da mama e Luiz vai retornar na sexta-feira para fazer o exame da próstata. “Já fiz antes e sei que é importante o homem se cuidar”, concluiu.

Alzira Gameloni, 59 anos, precisou da ajuda do marido para ir ao Parque. Está com problemas na bacia e usava muletas para se locomover. “Estou sendo acompanhada no Posto de Saúde Manoel Reis, fiz uma mamografia e descobriram uma alteração. O médico pediu uma ultrassonografia”, disse ela, cujo marido, ao seu lado, não quis fazer o exame da próstata.

Fonte: Prefeitura de Nilópolis

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!