Janeiro é o mês internacional da dieta: e aí, já começou a sua?

Aplicativo de contratação de serviços aponta que procura por nutricionistas aumentou 41%. Saiba como a profissional pode ajudar

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Todo ano é a mesma coisa. Chega janeiro e muita gente corre pra iniciar  uma dieta e botar em prática a resolução número 1 entre boa parte das pessoas: emagrecer no novo ano que se inicia. E a busca por nutricionistas aumenta nessa época do ano. Dados do GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços no Brasil, revelam que a procura por nutricionistas aumentou 41% de dezembro de 2023 para janeiro deste ano.

Durante o verão, quando as altas temperaturas exigem cuidados especiais com o corpo e com a pele, cresce a preocupação das pessoas com o corpo, o que faz com que a demanda por profissionais da área de saúde e bem estar também aumente. Quando falamos de nutrição, no entanto, a tendência é pensarmos em eliminar os quilinhos que ganhamos nas festas de final de ano.

Há pessoas que, a cada Réveillon, aderem à promessa de emagrecer no ano que se inicia. Muitas desistem sem nem tentar, enquanto outras até se esforçam, mas, diante das dificuldades, acabam abandonando a empreitada no meio do caminho, apenas para tentar novamente no ano seguinte.

Como levar adiante a promessa de emagrecer no Ano Novo?

Especialista explica que não existem fórmulas mágicas para perder peso; mudança de hábitos, prática regular de atividades físicas e acompanhamento profissional são fundamentais

“Não existem atalhos para emagrecer”, diz o gastroenterologista focado em tratamentos endoscópicos para obesidade Joffre Rezende Neto. “Perder peso exige muito esforço e comprometimento, por isso uma ajuda profissional pode ser imprescindível.”

Segundo o profissional, não adianta recorrer a fórmulas propagadas pela internet quase como que mágicas, como é o caso das dietas conhecidas como detox, baseadas principalmente no consumo de líquidos (sucos, água e sopas) e vegetais. Essa forma de se alimentar supostamente auxiliaria no melhor funcionamento dos rins e do fígado, promovendo uma “limpeza” no corpo.

“As dietas ditas detox não têm a menor eficácia”, avalia o médico. “O tratamento contra a obesidade deve ser planejado a médio e longo prazos. Esse tipo de abordagem só serve para que o paciente desregule ainda mais seu centro de apetite.”

Dietas detox, assim como outras de teor restritivo, podem até gerar um efeito imediato, porém, acabam acarretando um efeito rebote. No fim das contas, todo o peso perdido acaba readquirido novamente em um prazo muito curto de tempo, podendo até causar prejuízos à saúde.

“O paciente às vezes tem uma perda grande de peso às custas da perda de massa muscular, que é o que mantém o metabolismo dele. Então, quando o paciente para com a dieta, ele está com um nível de gordura maior e ainda pode estar com uma compulsão alimentar, que pode ser secundária a dietas muito restritivas”, comenta o especialista.

Se dietas “mágicas” não funcionam, o que resta é mudar a mentalidade e desenvolver um novo padrão de comportamentos de longo prazo, compreendendo uma alteração nos hábitos alimentares e a prática regular de exercícios físicos.

Resultados do emagrecimento não vêm a curto prazo

Joffre pontua que parte da dificuldade de se aderir a um novo estilo de vida está no fato de que os resultados do emagrecimento não vêm a curto prazo. “É preciso constância e aderência inclusive aos fins de semana. Muitas vezes a pessoa não leva a dieta a cabo no sábado e no domingo e acaba reganhando todo o peso que perdeu durante a semana”, afirma.

Por esse e outros motivos, o médico ressalta que o acompanhamento com um psicólogo pode ser um grande aliado. Além de auxiliar no comprometimento com os novos hábitos, a ajuda especializada pode contribuir no combate a potenciais transtornos alimentares.

“O acompanhamento psicológico ajuda muito porque muitas vezes os comportamentos de excessos alimentares são devidos a uma fome emocional, em que a pessoa descarrega na comida a ansiedade. Quando a gente identifica esse gatilho, por meio de um tratamento psicológico, a gente consegue direcionar essa descarga em outros pontos”, destaca Joffre.

O médico salienta que qualquer mudança de comportamento, seja ela súbita ou gradativa, tem maiores chances de funcionar com o apoio de profissionais especializados. “A chance de haver aderência com um nutricionista, um educador físico ou um psicólogo é muito maior que sozinho”, afirma.

Joffre pondera também que, quanto antes se buscar a ajuda, mais fáceis são os tratamentos e maiores são as chances de os resultados se manterem no longo prazo.

“O emagrecimento, em muitos casos, pode significar o tratamento de uma doença, que é a obesidade. Postergar o tratamento pode levar ao ganho de peso no longo prazo e ao aparecimento de comorbidades. Se eu, enquanto especialista, consigo intervir precocemente, posso utilizar procedimentos minimamente invasivos. Se a pessoa busca ajuda apenas quando o estado da doença está avançado, muitas vezes apenas a cirurgia vai conseguir resolver”, ressalta.

Palavra de Especialista

Reencontre o equilíbrio: o papel transformador do nutricionista na saúde

Por Adriana Stravo*

Se você está tentando voltar a caber em seu jeans favorito, sente que já tentou de tudo e nunca atingiu seu objetivo de peso ideal, e percebe que o número na balança está cada vez mais alto, provavelmente está precisando de auxílio de um especialista. Mas a quem pedir ajuda? Um nutricionista pode ajudar? A resposta é SIM.

Ao contrário de soluções rápidas como dietas da moda ou planos alimentares rigorosos, a perda de peso efetiva requer uma abordagem personalizada. Um nutricionista especializado levará em consideração não apenas suas metas, mas também seu estado de saúde, adaptando um plano alimentar que atenda às suas necessidades nutricionais específicas. Além disso, eles considerarão suas preferências pessoais, garantindo que o plano seja viável e compatível com seu estilo de vida.

A colaboração com um nutricionista não apenas proporciona um caminho mais leve para perder peso, mas também oferece uma compreensão mais profunda de como os alimentos atuam em seu corpo, promovendo mudanças positivas que vão além do emagrecimento. Portanto, considerar a orientação de um especialista pode ser um passo importante em direção a uma jornada de saúde, bem-estar e longevidade.

Vou detalhar um pouco mais sobre as atribuições de um nutricionista:

Dieta Adequada: Um nutricionista pode criar um plano com estratégias personalizadas e alternativas saudáveis. Ele pode ensiná-lo a cozinhar e preparar suas refeições de maneira específica para reduzir calorias ou aumentar seu metabolismo.

Tamanho da Porção: Além da importância de consumir alimentos saudáveis, o nutricionista também adequará a quantidade ideal para cada tipo de alimento que você precisa consumir para ajudá-lo a atingir seu objetivo.

Estimular Atividade Física: Praticar atividade física irá ajudá-lo a atingir seu objetivo de perda de peso mais rápido, fortalecer seus músculos, impulsionar seu metabolismo e aumentar seus níveis de energia.

Prevenir ou Tratar Doença: O profissional nutricionista pode orientá-lo no controle de distúrbios relacionados à alimentação, como diabetes, obesidade, alergias alimentares, doenças gastrointestinais, câncer, transtornos alimentares, e fornecer cuidados tanto no pré quanto no pós-cirurgia bariátrica.

Prescrever Fitoterápicos: Um nutricionista com formação em fitoterapia também pode ajudá-lo com fitoterápicos e outras formas naturais de tratamento, para tratar várias condições de saúde.

Ao perder peso sob a orientação de um nutricionista, você também aprenderá como:

  • Equilibrar proteínas, carboidratos e gorduras em suas refeições.
  • Estimar o tamanho das porções.
  • Fazer escolhas alimentares mais inteligentes.
  • Praticar atividades físicas que sejam gratificantes e realistas para você.
  • Controlar seu colesterol.
  • Comer mais vegetais, frutas e grãos integrais.
  • Usar suplementos corretamente.
  • Tratar alergias alimentares.
  • Cultivar hábitos de vida mais saudáveis.

Como você pode ver, o processo é muito mais do que apenas um plano alimentar! Seu nutricionista é o seu guia genuíno para toda a sua jornada e para uma vida longa e saudável, e está lá para fornecer todo o apoio educacional, prático e emocional de que você precisa para atingir seus objetivos.

*Adriana Stavro é nutricionista Mestre pelo Centro Universitário São Camilo, formada em Medicina do Estilo de Vida pela Universidade de Harvard Medical School, especialista em Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) pelo Hospital Israelita Albert Einstein, pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pelo Instituto Valéria Pascoal (VP) e em Fitoterapia pela Courses4U. Instagram – @adrianastavronutri – Mais informações https://lattes.cnpq.br/

Com Assessorias

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!