Cristo Redentor ‘abraça’ o Rio Grande do Sul 

Deputado na Alerj também coleta doações. Conheça as diversas iniciativas no Rio de Janeiro para ajudar as vítimas das enchentes nas cidades gaúchas

Monumento do Cristo Redentor faz projeção em solidariedade ao povo gaúcho (Fotos: Divulgação)
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Cresce em todo o Estado do Rio de Janeiro a rede de solidariedade às famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Até o Cristo Redentor entrou na corrente. O Santuário Arquidiocesano fez uma homenagem ao povo gaúcho nas redes sociais em uma projeção especial, com a bandeira e o hino do estado, além das frases “Unidos em oração pelo Rio Grande do Sul” e “Cada doação faz a diferença”.

Nesta quarta-feira (8), o Santuário, o Instituto Redentor e a Paróquia São José da Lagoa se uniram para arrecadar doações para as famílias atingidas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Todos os brasileiros podem colaborar com qualquer quantia através do site institutoredemptor.com/sos. Os valores arrecadados serão destinados à Arquidiocese de Porto Alegre.

Quem mora no Rio de Janeiro também pode entregar doações de alimentos, garrafas de água, roupas e itens de higiene pessoal e limpeza para a população atingida pelas chuvas na Paróquia São José da Lagoa (Avenida Borges de Medeiros, 2735, Lagoa). A igreja ficará aberta 24 horas por dia.

Comissão da Criança e Idoso da Alerj recebe doações

Na Assembleia Legislativa (Alerj), o presidente da Comissão da Criança, do Adolescente e da Pessoa Idosa e coordenador da Frente Parlamentar das Doenças Raras, deputado Munir Neto (PSD), abriu seus gabinetes no Rio e em Volta Redonda para receber doações. Fraldas infantis e geriátricas, absorventes higiênicos e roupas íntimas estão entre os itens solicitados.

“Nossos irmãos do Rio Grande do Sul estão enfrentando a pior tragédia da história do estado e precisam muito da nossa ajuda. Estamos colocando nosso mandato à disposição para reforçar as doações para essas famílias que estão passando momentos de grande necessidade. A solidariedade da população faz toda a diferença nessa hora tão difícil”, disse o deputado.

Ex-secretário municipal de Assistência Social de Volta Redonda por 15 anos, Munir Neto falou da preocupação principalmente com as famílias em vulnerabilidade social, sobretudo crianças, adolescentes e pessoas idosas, que foram atingidos pelas cheias causadas pela pior catástrofe ambiental da história do Rio Grande do Sul.

O parlamentar também reforça a criação de um canal específico do Disque 100, gerido pelo Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania (MDHC), para receber informações sobre crianças e adolescentes desaparecidos ou desacompanhados dos pais devido à tragédia climática. “Só na cidade de Canoas (RS) o Conselho Tutelar busca 104 crianças ainda não encontradas por suas famílias”, disse.

Munir Neto também falou da preocupação com pessoas com doenças crônicas, complexas e raras. “Muitos já enfrentam grandes dificuldades no tratamento no dia a dia e com essa calamidade pública, a situação  é dramática”, disse o parlamentar. Recentemente, o Estado do Rio saiu na frente na criação de uma lei estadual, de autoria do deputado, que cria um estatuto para garantir direitos a essa parcela da população.

Mais sobre as doações – As doações coletadas pelo mandato do deputado para as famílias do Rio Grande do Sul podem ser feitas das 9 às 18 horas nos endereços abaixo. Todo o material que for coletado no Rio e em Volta Redonda será entregue na próxima segunda-feira (13/5), no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. A Força Aérea Brasileira (FAB) se encarregará do transporte e distribuição nas cidades do Rio Grande do Sul.

Onde doar:

De terça-feira (7) até sexta-feira (10), das 9 às 18 horas

Gabinete Parlamentar na Alerj – Rua da Ajuda 5 / sala 606 – Centro – Rio de Janeiro/RJ

Gabinete Parlamentar Regional – Rua Edson Passos 101 / sala 101 – Aterrado – Volta Redonda/RJ

Loja Neto Esportes – Av Amaral Peixoto 460 – Centro – Volta Redonda/RJ

O que doar:

Água potável

Alimentos não-perecíveis (principalmente leite em pó)

Artigos de higiene pessoal (fraldas infantis, geriátricas e absorventes íntimos)

Roupas (principalmente peças íntimas novas)

Leia mais

SOS RS: como ajudar as famílias gaúchas vítimas das chuvas
Proteção Animal responsabiliza agronegócio por tragédia no RS
Tragédia no RS: o drama dos pacientes renais crônicos

LBV já entregou 23 toneladas de doações

A Legião da Boa Vontade (LBV) intensifica as ações da campanha LBV – SOS Calamidades para auxiliar as vítimas das fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul. Nesta quarta-feira (8), 23 toneladas de água potável, material de limpeza e higiene foram entregues à Força Aérea Brasileira (FAB) para serem transportadas para Porto Alegre, capital do estado gaúcho.

Entre os itens solicitados estão: material de limpeza (sabão, água sanitária, álcool, desinfetante e detergente); material de higiene pessoal (sabonete, creme dental, escova de dente, shampoo e absorvente); água potável; alimentos não perecíveis; cobertores e agasalhos; colchões; ração para animais e fralda descartável.

Confira os postos de arrecadação no Rio de Janeiro:

Escola LBV – Avenida Dom Helder Câmara, 3059 – Del Castilho = (21) 2216-7800

Centro Comunitário de Assistência SocialAvenida Marechal Floriano 114 – Centro – (21) 2216-7800

Centro Comunitário de Assistência Social – Alameda São Boaventura, 474 – Fonseca – (21) 3628-8661

DOAÇÕES VIA PIX SOLIDÁRIO: E-mail: ajude@lbv.org.br

ENTREGA DAS DOAÇÕES: Acompanhe a entrega dos donativos acessando @lbvbrasil no Facebook e no Instagram.

Cufa recebe doações em Madureira e hospital também doa

Um dos principais apoiadores da campanha em favor do Rio Grande do Sul, a Central Única das Favelas (Cufa) está recebendo doações das 9 às 18 horas em sua sede na Rua Francisco Batista 43 – Madureira, Rio de Janeiro. Para facilitar as doações sem que as pessoas precisem sair de casa, a Lalamove está oferecendo descontos para os cariocas solidários.

Com o cupom LALARS, é possível enviar suas doações com até 50% de desconto nas entregas de itens essenciais para o ponto de coleta parceiro, na sede da Cufa. O código irá desbloquear apenas um cupom de 50% OFF com desconto máximo de R$ 30 e pode ser utilizado em veículos de qualquer categoria. A oferta é válida até o dia 31 de maio de 2024, com desconto aplicado à tarifa base.

Também no Rio, o Hospital São Francisco na Providência de Deus está recebendo doações de alimentos não-perecíveis, água, kits de higiene e roupa de cama para a população atingida pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Há diversos pontos de coleta espalhados pela unidade, que fica na Rua Conde de Bonfim, 1.033, na Tijuca. Para quem preferir fazer a doação em dinheiro, o hospital indica a Central Única das Favelas (Cufa), por meio do PIX doacoes@cufa.org.br

Shopping na zona oeste do Rio abre ponto de coleta

Em parceria com a Cruz Vermelha, o Américas Shopping, no Recreio dos Bandeirantes, está arrecadando donativos para vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. O ponto de coleta fica localizado no piso L1, ao lado do SAC. Poderão ser doados itens como água mineral, alimentos não perecíveis, fraldas, materiais de higiene pessoal, produtos de limpeza, roupas de cama e banho e roupas e calçados para adultos e crianças.

Com Assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!