Alimentos orgânicos nos jardins do Museu do Amanhã

Cerca de 50 barracas para venda de produtos sem intermediários foram montados na área externa do Museu do Amanhã (Marcos Tristão/Divulgação)
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

 

Mais de 50 barracas voltadas para a venda de produtos produzidos sem intermediários, incluindo alimentos orgânicos, estão montadas neste sábado (2), nos jardins do Museu do Amanhã. A feira da Junta Local, comunidade que reúne pequenos produtores do campo e da cozinha, vai até as 18h e marca o lançamento o programa NOZ – Amigos do Amanhã.

Além disso, oficinas com a equipe de Educação do Museu vão estimular o diálogo e reflexões sobre como queremos viver uns com os outros e com o planeta e o projeto Ciclo Orgânico, que oferecerá oficinas de compostagem. A programação também explora os aspectos arquitetônicos da construção do Museu do Amanhã e conta com DJs e shows do Favela Brass e da banda Beach Combers.

Uma atração é a oficina com a equipe de Educação com a confecção de Abayomis, bonecas feitas de nós em tecidos. Conta-se que, durante a travessia no Atlântico, rumo à América, as mulheres escravizadas rasgavam pedaços das barras de suas saias para fazerem bonecas para seus filhos.

Noz – Amigos do Amanhã

Inspirado nos modelos de instituições culturais renomadas nacionais e internacionais, o programa NOZ – Amigos do Amanhã ajudará a contribuir com projetos e atividades do Museu e pretende ser referência em engajamento de públicos no Brasil.

Ao se juntar à comunidade de amigos, o participante terá a chance de se aprofundar nos bastidores, ficar sabendo em primeira mão da programação, participar de atividades exclusivas e ainda ajudar a desenvolver novas ações para o programa. A contribuição anual varia de R$ 200 (individual) a $ 400 (família até quatro pessoas).

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!