Campanha para doação de sangue e palestras sobre câncer infantil

Estes são alguns destaques da Agenda Positiva desta semana, que passa a ser assinada pela jornalista Luiza Xavier toda quinta-feira

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Por Luiza Xavier, da Tecla Comunicação

A partir desta semana, estreio a coluna Agenda Positiva, toda quinta-feira, trazendo eventos, ações e atividades voltadas para promover a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida, temas de destaque do ViDA & Ação. Para esta semana, que marca o Dia Mundial da Atividade Física (6), o Dia Mundial da Saúde (7) e o Dia Nacional de Combate ao Câncer (8), trazemos uma série de atividades que vão movimentar o Rio de Janeiro. Como campanhas para doação de sangue do HemoRio e do Hospital do Andaraí; palestras gratuitas sobre câncer infantil; exames gratuitos de glicemia no CCBR em Botafogo e palestra sobre ciências e arte no Instituto D’Or. Confiram e participem! Enviem sugestões para agendapositiva@vidaeacao.com.br.

Doações de sangue no HemoRio e Hospital do Andaraí

O Hemorio, unidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES), volta a alertar para os baixos estoques de sangue após o feriado de Páscoa. Para manter as reservas dentro da média, são necessárias 250 bolsas por dia, de todos os tipos sanguíneos.Hemocentro coordenador do estado do Rio de Janeiro, o Hemorio abastece as principais emergências, maternidades e unidades de saúde da capital, além de enviar sangue, quando necessário, para hospitais em todo o estado.

Já o Hospital Federal do Andaraí (HFA) promove na quinta-feira (12) uma campanha de coleta de sangue. A demanda pelas bolsas costuma ser maior durante os feriados prolongados, como é o caso do que se inicia na próxima semana. Para doar, basta comparecer à Rua Paula Brito, 407, Andaraí, com documento de identificação com foto. As doações podem ser feitas das 10h às 15h.

Doação de sangue para Hemorio na ANS

Nesta quinta-feira (5), servidores e colaboradores da ANS participaram de uma campanha de doação de sangue (foto ao lado), realizada na sede da Agência, no Rio de Janeiro, organizada pela entidade reguladora em parceria com o Hemorio. A ação foi um sucesso: 92 pessoas foram solidárias e fizeram a doação, ajudando a abastecer o estoque do Hemorio. Uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas.

Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos, além de estar saudável, descansado e alimentado. Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes. É necessário um intervalo entre as doações de 60 dias para os homens (máximo de quatro doações por ano) e de 90 dias para as mulheres (máximo de três por ano).

Os maiores de 60 anos precisam já ter doado pelo menos uma vez. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais. Devem portar ainda um documento de identidade do responsável.  A autorização pode ser obtida no site do Hemorio. (http://www.hemorio.rj.gov.br/html/pdf/menor_idade.pdf)

O Hemorio funciona todos os dias, das 7h às 18h, inclusive sábados, domingos e feriados, na Rua Frei Caneca, n° 8, no Centro do Rio. Para mais informações, o candidato pode ligar para o Disque Sangue (0800 282 0708) que esclarece os pré-requisitos e dúvidas, além de informar o endereço das outras 26 unidades de coleta distribuídas pelo estado.  O atendimento pelo telefone funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Câncer infantil é tema de palestras gratuitas

No Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos. Entre os tipos mais comuns de câncer infantil está a leucemia, que compromete o funcionamento das células que auxiliam na defesa do organismo e dos sistemas nervoso central, linfático e periférico. No próximo dia 11 de abril (quarta-feira), entre 8h30 e 12h, no Centro do Rio, a Associação Pró-Vita – Transplante de Medula Óssea promove um ciclo de palestras sobre o Câncer Infantil, uma doença que deve afetar neste ano mais de 12 mil crianças e adolescentes, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca).

De acordo com especialistas, as chances de cura podem chegar até 80%, caso os sintomas sejam identificados na fase inicial. O encontro busca levar informações atualizadas referente à doença para pacientes, pais ou responsáveis, acadêmicos, profissionais de saúde e interessados no assunto. As inscrições são gratuitas e limitadas. O diagnóstico precoce será amplamente abordado em palestra proferida pelo médico Luis Fernando Bouzas, às 9h10.

Com passagens pela coordenadoria do Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) e Rede de Bancos Públicos de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário,  Às 10h10, o professor de Educação Física e doutorando em Ciências da Saúde (Inca), Fabio Carvalho, fica responsável por reforçar a importância da prática de atividade física e da alimentação saudável no combate à doença. E, às 10h40, a terapeuta ocupacional do Inca, Mariana Simonato, traz ao público um conteúdo relacionado ao câncer infanto-juvenil, suas implicações e suas possibilidades no cotidiano.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.provita.org.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 2206-1615 ou pelo vídeo institucional disponibilizado no canal do YouTube: https://goo.gl/yKp5xD.

Exames gratuitos de glicemia em Botafogo

Moradores do Rio de Janeiro podem realizar exames gratuitamente para descobrir se seu nível de glicose na corrente sanguínea ultrapassou ou não o limite aceitável. O CCBR Brasil Centro de Pesquisas Clínicas realiza como rotina e gratuitamente exames de glicose para diagnosticar a doença em quem desconfia que pode ter o problema. O teste de glicose é bem simples. Basta um pequeno furo no dedo, e o sangue recolhido colocado num pequeno aparelho que mede a glicose quase que imediatamente.

Esta semana, o CCBR lança campanha de exames gratuitos de maior complexidade para doentes de diabetes. Até o dia 11, qualquer pessoa poderá fazer o exame de sangue de hemoglobina glicada e de urina microalbuminuria. O primeiro mostra a variação da glicose nos três meses precedentes ao exame e o segundo detecta os efeitos da diabetes na função renal. Ambos são essenciais no controle da doença. Para fazer o exame gratuito, o interessado deve marcar pelo telefone (21) 2527-7979 ou ir direto na CCBR. Os testes podem ser feitos das 8h às 17h na Rua Mena Barreto 33, em Botafogo.

Uma pessoa tem diabetes tipo 2 quando dois exames em jejum estão acima de 126 mg/dL. A diabetes tipo 2 é uma doença que não tem cura e, uma vez diagnosticada, tem que ser tratada pelo resto da vida do doente. Está associada com fatores genéticos e com sedentarismo. Mulheres e homens adultos têm mais chances de ter a doença. Se não tratada, a doença após alguns anos pode levar à cegueira, à insuficiência renal e a problemas coronarianos.

Ciência e Arte tem palestra aberta ao público

O que a arte tem a ver com a ciência? Como a arte pode transformar a educação científica? Nesta quinta-feira, dia 5, a partir das 18h, o pesquisador João Silveira irá responder a essas perguntas em uma palestra realizada no Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino. Além disso, apresentará projetos revolucionários de centros de pesquisa que são referências mundiais, e falar como a arte, ciência, tecnologia e medicina estão cada vez mais ligadas à inovação, criatividade e empatia.

João Silveira é pesquisador visitante em Harvard e na Universidade do Texas, em Dallas, e pesquisa a relação entre arte, ciência e tecnologia. Fundou o projeto ArteCiência Brasil e é doutor em Educação, Difusão e Gestão em Biociências pelo Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A palestra “Ciências Médicas + Arte = Inovação, Criatividade e Empatia” é aberta ao público, mas também será transmitida ao vivo pela Rede de Pesquisadores, no link www.rededepesquisadores.org. O Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino fica na Rua Diniz Cordeiro, 30 – Botafogo. Inscrições: https://goo.gl/cC4ovD

Casos clínicos em congresso de Cardiologia no Rio

A Casa de Saúde São José (CSSJ) vai participar da 35ª edição do Congresso da Sociedade de Cardiologia do Rio de Janeiro (Socerj), de 11 a 13 de abril, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. O hospital vai promover um simpósio, no último dia do evento, às 13h, com apresentações de casos clínicos. Este ano, o evento terá o Hospital Santa Teresa, de Petrópolis, como instituição convidada. Assim como a CSSJ, o Hospital Santa Teresa faz parte da Associação Congregação de Santa Catarina, rede filantrópica que atua nas áreas da Saúde, Educação e Assistência Social.

Os interessados podem realizar a inscrição para o simpósio no dia do evento. A abertura será realizada pelo diretor médico da CSSJ, Dr. Augusto Neno, e pelo Dr. Leonardo Menezes, do Hospital Santa Teresa. Já a moderação será conduzida pelos médicos Gustavo Gouvêa, José Kezen, Fabrício Braga, Roberto Hugo Costa Lins e Nelio Gomes Junior (Hospital Santa Teresa).

Promovendo saúde no shopping

A academia Smart Fit do Shopping Jardim Guadalupe promove neste sábado, Dia Mundial da Saúde (7 de abril), das 8h às 12h, o evento “Promovendo Saúde”. Serão realizadas atividades gratuitas, como FitDance, zumba, aulão de funcional e ritmos, no estacionamento, próximo à entrada do Pátio Guadalupe.

Com Assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!