Para cada pessoa, um tratamento

#MeTrateDireito é o lema da campanha deste ano da Femama destacando o direito de acesso à medicina personalizada para obter melhores resultados

A funkeira Mc Rebecca apoia a campanha (Foto Divulgação)
Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Em outubro, o Brasil inteiro volta os olhares e se mobiliza em favor da conscientização sobre o tipo de câncer mais incidente entre mulheres: o de mama. Pelo 11º ano seguido, a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), responsável por trazer o Outubro Rosa de forma organizada para o Brasil, lança sua campanha nacional para colocar em pauta o acesso à personalização do tratamento.

O tema deste ano é #MeTrateDireito – Para cada pessoa, um tratamento e pretende estimular o empoderamento dos pacientes, pautado na busca por um tratamento personalizado, na luta pelo respeito enquanto paciente com câncer e na defesa pelos seus direitos como ser humano. A youtuber Dora Figueiredo, a jogadora Cris Rozeira e a funkeira Mc Rebecca apoiam a campanha.

A jogadora Cris Rozeira apoia a campanha (Foto: Divulgação)
A youtuber Dora Figueiredo apoia a campanha (Foto: Divulgação)

Assim como toda mulher é única, cada câncer de mama também é bastante singular. Os pacientes precisam receber o tratamento mais adequado para cada caso, sempre tendo seus direitos respeitados como cidadão e como pessoa, individualmente, desde o diagnóstico, tratamento e controle da doença”, afirma Maira Caleffi, presidente voluntária da Femama e Chefe do Serviço de Mastologia do Hospital Moinhos de Vento.

Nos últimos anos, os avanços na medicina têm conseguido proporcionar mais qualidade de vida, maiores chances de cura e novas estratégias para o diagnóstico individualizado, o que mudar o tratamento e as perspectivas de cada paciente. A medicina personalizada tem ganhado força e se mostrado como o melhor caminho para tratamentos mais eficazes.

Os exames genéticos e moleculares são uma importante ferramenta para definir previamente a chance de desenvolver a doença e permitir a elaboração da melhor estratégia para seu enfrentamento. As mutações que cada câncer carrega, suas alterações genômicas, as características do tumor, bem como as respostas a terapias são fatores que guiam para o melhor tratamento”, comenta Maira.

Luta por direitos

Atualmente, o Brasil enfrenta grandes desafios na assistência oncológica. O mais recente relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), divulgado em setembro, revelou que 56% dos pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS) têm seu diagnóstico confirmado quando o câncer já está em estágio avançado – confirmação, essa, que está sendo dada em uma média de 200 dias a partir da primeira consulta, conforme auditoria realizada pelo tribunal.
A ampliação do acesso ao diagnóstico ágil e a tratamentos mais assertivos nos sistemas públicos e privados de saúde é uma luta antiga da Femama e suas ONGs associadas. A campanha #MeTrateDireito também multiplica informações sobre as possibilidades de tratamento, promovendo empoderamento para que os pacientes possam participar ativamente das decisões que serão tomadas ao longo da sua jornada de enfrentamento do câncer.

Todos os pacientes devem ter acesso às melhores opções para garantir o controle efetivo do câncer de mama, por isso lutamos para que consigam ter seu diagnóstico em tempo hábil e um tratamento eficaz para assegurar qualidade de vida e possibilidade de cura”, reforça a presidente voluntária da Femama. “Sabendo de seus direitos essas pacientes também podem se tornar agentes transformadores da realidade brasileira da assistência oncológica”.

Caminhadas das Vitoriosas

Em todo o Brasil, as ONGs associadas à Femama promoverão ações locais relativas à conscientização sobre o câncer de mama durante todo o mês de outubro. Uma dessas ações é a Caminhada das Vitoriosas, importante mobilização que leva às ruas a celebração pela vida e reivindicações que encorajam as pessoas a exigirem seus direitos, respeito e tratamento personalizado do câncer.

Elas ocorrem em diversos estados, estando já confirmadas no Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina. Todas as demais atualizações, informações e materiais sobre a campanha #MeTrateDireito – Para cada pessoa, um tratamento estão disponíveis no site da campanha.

“Este é o mês em que a batalha contra o câncer de mama ganha maior visibilidade, por isso damos voz aos pacientes que lutam por um objetivo em comum: a vontade de viver com qualidade. Pretendemos chamar a atenção para o respeito aos direitos e cuidados necessários com cada paciente, que merece ter conhecimento da doença, de suas peculiaridades, e ser tratado com um olhar singular diante de sua vivência com o câncer“, conclui.

Ações em parceria

Além da campanha #MeTrateDireito, que conta com o investimento social de AstraZeneca, Condor e Novartis, a Femama realiza parceria especiais com diversas empresas durante o Outubro Rosa para levar a mensagem da conscientização para o câncer de mama adiante.Veja:
Adidas – Com a criação de uma camiseta rosa, exclusiva dos times São Paulo e Flamengo, em apoio à luta contra o câncer de mama, parte do valor obtido com as vendas será revertido para a Femama. O lançamento oficial das camisetas e da campanha Outubro Rosa FEMAMA 2019 foi realizado no dia 28 de setembro no Maracanã.

 

Condor – Parte do valor da venda de kits de escova para cabelos, escova de dentes feminina, vassoura e esponja será revertida à FEMAMA pela Condor. Além disso, a marca realizará a ação Like do Bem, que associa curtidas no Facebook a um valor adicional a ser revertido à Federação. Quanto mais likes a ação receber, maior será o valor doado à FEMAMA.

Saque e Pague – Empresa de tecnologia com uma rede de mais de 1.300 terminais, presente em 23 estados e com mais de 40 parceiros, disponibilizará seus displays de autoatendimento no País para que a sociedade apoie a Campanha Outubro Rosa FEMAMA 2019 e faça doações. A ação #AtitudeRosa, permitirá à população fazer doações em dinheiro por meio dos terminais de autoatendimento diretamente para a instituição. A iniciativa recebeu o apoio dos parceiros Mastercard, Banpará, Unicred e Grupo RBS.

Sobre a Femama

A Femama é uma associação civil e está presente em 17 estados brasileiros por meio de 71 ONGs associadas. Ela atua na articulação de uma agenda nacional única para influenciar a criação de políticas públicas de atenção à saúde da mama, com foco na ampliação do acesso ágil e adequado ao diagnóstico e ao tratamento do câncer de mama e na redução dos índices de mortalidade pela doença no País.

Após muitos anos falando sobre conscientização, a associação acredita que para ter impacto na realidade do combate ao câncer de mama, na redução da mortalidade pela doença e na vida de milhares de mulheres, é necessário colocar o foco da discussão na paciente, que hoje enfrenta o câncer e seus desafios.

Segundo uma pesquisa recente do Instituto Oncoguia, 81% dos brasileiros têm contato direto com uma pessoa com algum tipo de câncer, sendo aproximadamente dois terços desse total parentes de pacientes. O câncer de mama é o tipo que mais atinge mulheres em nosso país e a previsão é de que cerca de 60 mil novos casos sejam diagnosticados no Brasil em 2019. Milhares de pessoas convivem com o câncer de mama e outras devem se conscientizar sobre a importância da prevenção.

Fonte: Femama

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!