Palavra de Especialista

Método sem cirurgia e sem laser contra a flacidez vaginal

geneveve

Tema recente no país, o rejuvenescimento vaginal desperta a curiosidade de ginecologistas, dermatologistas e pacientes. Rodeado de questionamentos e informações controversas, o recurso é clinicamente comprovado e atrai cada vez mais a atenção das mulheres que buscam respostas para a satisfação pessoal.

Uma novidade que acaba de ser lançada promete agitar a vida sexual das brasileiras. É um dispositivo médico usado para tratar de uma condição física muito comum chamada de flacidez ou frouxidão vaginal. Clinicamente comprovado, o procedimento não requer tempo de recuperação das pacientes e impacta diretamente no aumento de satisfação delas durante a relação sexual.

Aprovado pela Southern California Center for Sexual Health and Survivorship Medicine, o tratamento para a flacidez vaginal criado pela Viveve não é cirúrgico e não usa laser. O método para o rejuvenescimento íntimo leva o nome de Geneveve e é capaz de criar uma sensibilidade maior no intróito ou entrada da vagina em apenas uma sessão.

A expectativa dos médicos é que o tratamento mude a forma como as mulheres com mais de 40 anos encaram o próprio corpo. O processo usa pulsos minúsculos de energia de radiofrequência para aquecer delicadamente as camadas mais profundas do tecido vaginal enquanto simultaneamente resfria e proteger a superfície delicada.

Apenas uma sessão em consultório

Esta abordagem única garante uma experiência confortável e rápida para as mulheres, de apenas uma única sessão no próprio consultório. A superfície da parede vaginal não é afetada e somente a área dentro da abertura vaginal é tratada, e as mulheres podem retornar às atividades normais imediatamente.

Ao longo dos meses seguintes, o corpo responde gradualmente desenvolvendo o novo colágeno para que o tecido vaginal seja revitalizado – explica  Sabika Karim, dermatologista que aplica o processo em Londres e veio até o Brasil apresentar o tratamento. Clinicamente comprovado, o procedimento não requer tempo de recuperação das pacientes e impacta diretamente no aumento de satisfação delas durante a relação sexual.

O tratamento é inovador, pois é único equipamento a usar pulsos minúsculos de energia de radiofrequência para aquecer delicadamente as camadas mais profundas do tecido vaginal. Simultaneamente ele também resfria e protege a superfície delicada. Esta abordagem garante uma experiência confortável e rápida para as mulheres, de apenas uma única sessão no próprio consultório. A superfície da parede vaginal não é afetada e somente a área dentro da abertura vaginal é tratada. Deste modo as mulheres podem retornar às atividades normais imediatamente.

Ao longo dos meses seguintes, o corpo responde gradualmente desenvolvendo o novo colágeno para que o tecido vaginal seja revitalizado. “O tratamento é uma nova opção revolucionária para as mulheres. Demonstrou ter resultados funcionais duradouros e ajuda as mulheres a se sentirem melhores sobre si mesmas e seu corpo”, disse Newton Martins, CEO da HV Laser Brasil, responsável por distribuir o equipamento por aqui. “O tratamento tem sido bem recebido em outros lugares do mundo e estamos felizes em trazer esse tratamento vital para o bem-estar das mulheres ao Brasil”, finaliza.

Fonte: Viveve

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *