Dez dicas para facilitar a sua meditação

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Luciana Ferraz ensina o passo a passo para conseguir meditar no dia a dia (Foto: Divulgação)
Luciana Ferraz ensina o passo a passo para conseguir meditar no dia a dia (Foto: Divulgação)

Vivemos uma vida cada vez mais corrida, estressante e, sempre com a cabeça a mil, acabamos nos sentindo esgotados. No caso do Rio de Janeiro, vivemos uma grave crise de segurança, que deixa as pessoas muito preocupadas e tensas. É possível meditar nessas condições? Luciana Ferraz, autora de vários CDs de meditação, diz que sim.

“A meditação prepara nossa mente para manter equilíbrio e calma mesmo em situação de estresse e dificuldade. Naturalmente que é mais fácil meditar quando tudo vai bem. Mas com a prática, podemos meditar em qualquer circunstância, pois é um processo interno, que não depende das influências externas, positivas ou negativas”, explica ela, que estará no Rio de Janeiro lançando mais um CD de meditação (veja aqui).

Luciana responde a algumas dúvidas sobre como relaxar e meditar no momento tão conturbado em que vivemos. Aos leitores do Blog Vida & Ação, ela ainda ensina dez dicas práticas para facilitar a sua meditação. Confira!

1. Pensamos muitas coisas durante o dia. Na verdade, a impressão é de que não paramos nunca de pensar. Fazemos uma coisa já pensando em outra tarefa que temos de fazer depois. Isso causa um enorme cansaço. Como mudar isso?

Pensar muito, experimentar confusão, ter dificuldade em discernir e  de tomar decisão indica uma mente fraca, sem controle, sem poder e sem equilíbrio. Significa que as rédeas dos órgãos dos sentidos físicos estão controlando o cocheiro. Tenho que conhecer como a mente funciona e inverter este processo aprendendo a pensar e sentir positivamente, vendo o benefício em cada situação, criando pensamentos que deem força para a mente em vez de drená-la. Devo ser aquele que segura as rédeas e escolhe como pensar, sentir, o que ver, falar, ouvir….

2.Lemos o jornal e assistimos aos noticiários, que são, em sua maioria, divulgam acontecimentos negativos, violentos. Como podemos viver sem nos deixar afetar pelas notícias ruins?

A visão e interpretação dos fatos que acontecem dependem do filtro que uso para enxergá-los. Tanta miséria e violência acontecem porque o ser humano hoje em dia não está em contato com suas qualidades espirituais. Se compreendo que sou o responsável pela minha vida, e com isso minhas palavras e ações, deixo de culpar o mundo ou os outros e começo a atuar de forma diferente. A agir em vez de reagir. Toda mudança no mundo real requer uma mudança de consciência. Se não houver a mudança do ser em primeiro lugar, qualquer transformação externa será temporária. Preciso escolher entre ser um aspirador de pó que engole toda a sujeira do mundo ou um farol que irradia sua luz para guiar outros.  Só uma pessoa consciente e com poder interno consegue influenciar mais e ser menos influenciada.

 3. E com relação aos relacionamentos? As pessoas estão muito conectadas na internet, mas se sentindo solitárias e carentes ao mesmo tempo. A meditação pode ajudar de alguma forma?

A meditação ajuda a pessoa a tornar-se não dependente de objetos e de pessoas. Ao mesmo tempo, nos ajuda a reconhecer que somos interdependentes.  Dependência implica em escravidão, controlar o outro, ser submisso. Não queremos isso. Interdependência nos faz reconhecer a importância de cooperar, compartilhar, colaborar, interagir, dialogar, pois sabemos que a vida é construída em relacionamentos e não em isolamento. A dose certa do quanto investir na relação e manter a independência requer sabedoria, que por sua vez vem da combinação entre conhecer, refletir, experimentar meu mundo interior.

4.O mundo, de forma geral, está muito sem paz e isso acaba se refletindo nas pessoas. Onde devemos buscar a paz?

Só há um lugar a buscar: dentro de nós. Quando falo ir para dentro, me refiro conectar-me com a alma que sou. Não é na cabeça, no coração, na mão ou no pé que encontramos a paz, pois paz não é algo material. Paz é um sentimento, e este está na alma. Em realidade somos o ser vivo, o ser consciente, o ser de luz, ou seja, a alma. Numa pessoa saudável, equilibrada, sábia, a alma dirige o corpo, a vida, os relacionamentos em oposição à pessoa  que é controlada pelos desejos, pelos sentidos físicos, pelos impulsos. Todos temos a paz internamente, mas é a nossa consciência que permite ela se manifestar ou não de acordo com a nossa espiritualidade. Quando a consciência está limpa, clara, energizada, com pensamentos e sentimentos elevados e nobres, a paz se manifesta naturalmente. A paz tem uma família linda. Quando  ela se manifesta, ela traz sua turma: a calma, o amor, o respeito, o contentamento…. Uma pessoa contente e pacífica é alguém muito próxima, conectada com o divino, que é a Fonte de todas estas qualidades.

6 – Você está lançando um CD de meditação orientada pela Brahma Kumaris. Fale um pouco sobre ele.

Tenho meia dúzia de CDs gravados. As pessoas têm dificuldade em meditar sozinhas. Então estes CDs trazem comentários suaves, que convidam a pessoa a acompanhar as palavras que estão sendo orientadas com seus pensamentos e sentimentos. Todos os CDs que já gravei trazem textos curtos de 5 a 10 minutos, para meditações rápidas ou  para começar um momento de meditação ou reflexão. Meus CDs são usados também em aulas de yoga, por psicólogos e em clínicas de modalidades diversas ou em qualquer ambiente onde o relaxamento e a concentração se fazem úteis. Este novo CD que acabo de lançar traz duas meditações longas, de 30 minutos cada. Uma delas ensina e guia os passos da meditação e o outro nos ajuda a penetrar nos vários níveis de silêncio.

luciana_ferraz

Dez dicas para facilitar a sua meditação
1- O que chamamos de “JUST a minute” (Só um minuto)
A cada hora, você para por um minuto. Respira. Foca no centro da testa ( altura do terceiro olho), e se relembra de que é um ser de luz, um ser de paz, um ser poderoso.2-  Controle o tráfego dos pensamentosAssim como temos o semáforo para colocar ordem no trânsito, em horários específicos do nosso dia, podemos dar uma paradinha e observar a mente e diminuir o fluxo e o ritmo dos pensamentos, criando pensamentos positivos e deixando que nossos sentimentos internos acompanhem. Pex: às 8 horas, às 10:30, às 12:30, às 15, às 17:30, às 19:30 e às 21:30 horas.3 – Medite também no trânsito

Ouça  palestras  edificantes enquanto no carro, no transporte público, ou mesmo músicas que inspirem calma e tranquilidade.

4-  Faça cursos, ouça palestras, leia livros

Eles ajudam a mudar nossas crenças internas de derrota e de que a natureza do ser humano é má, é violenta, e que desde que o mundo é mundo as coisas são assim. Temos que reverter isso e desenvolver auto-estima  e crenças positivas.

5- Tenha cuidado com as suas companhias.

Pessoas negativas  à nossa volta exigem mais esforço para mudarmos nosso padrão de comportamento. Escolha sempre que possível ter amigos e estar na companhia de pessoas com bom astral, que  vejam virtudes em vez de defeitos e falem menos e mais significativamente, em vez de pessoas que só criticam e fofocam.

luciana5

6- Escolha o que você come

Nosso alimento  influencia nossa mente, nossos humores , nossa relação com os outros reinos. Alimentos de origem vegetal e que não são fruto da violência criam um estado  mais saudável no corpo e na mente.

7- Discipline-se para meditar pelo menos duas vezes por dia

De manhã, antes de iniciar a rotina do dia, para criar força e alinhamento interno e à noite, antes de dormir, para fazer uma avaliação e limpeza interior antes de dormir, são excelentes práticas. O tempo depende da disponibilidade de cada um. Mesmo dez minutos já são de grande ajuda.

8- Pratique ser um karma yogue

É importante estar conectado com sua natureza espiritual e com o ser divino ( yogue) enquanto fazendo as ações ( karma). Isso traz maior concentração, maior produtividade, maior auto-confiança  e melhora a relação com o ambiente à nossa volta. Posso fazer isso no escritório, ao cozinhar, ao caminhar, ao falar ao telefone, ao desempenhar praticamente todas as minhas ações.

9- Crie suas notas de inspiração

Mantenha uma cadernetinha com você e sempre que ouvir ou vir algo inspirador , ou quando lhe ocorrer uma boa idéia, anote. No final do dia releia as suas notas. Com isso, você criará o hábito de colecionar o BEM dentro de você . Vai também perceber  como sua visão e atitude mental começam a ficar mais focadas naquilo que faz bem.

10 – Pratique o silêncio interior

Com a experiência dos benefícios da meditação e o prazer que você começa a sentir com o silêncio interior, aumente o tempo da sua prática para meia hora de manhã e meia hora à noite. Você pode acordar mais cedo ou começar a prática nos finais de semana ou dias de folga.

Compartilhe essas dicas com seus parentes e amigo e convide-os também a experimentar. Quando mais doamos beneficio aos outros mais felizes ficamos  e nossa  auto-estima aumenta.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!