Câncer de mama: projeto piloto no Rio pode representar esperança a doentes

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

mama

Boa parte dos casos de câncer de mama é curável, mas, para isso, é necessário diagnosticar e iniciar logo o tratamento. O principal gargalo para quem enfrenta a doença no Rio de Janeiro é a dificuldade de acesso para conseguir atendimento desde a prevenção até o tratamento, como mostramos aqui. Um estudo realizado com 3.220 pacientes do Hospital de Câncer (Inca), entre janeiro de 2011 e dezembro de 2013, revela que 55% das mulheres atendidas levaram mais que 90 dias para iniciar o tratamento após o primeiro diagnóstico de malignidade. Segundo o levantamento, apenas 22% delas iniciaram o tratamento em até 60 dias após o diagnóstico, prazo estabelecido pela lei federal 12.732/12 para iniciar o tratamento.

O primeiro obstáculo é a falta de informação sobre onde podem agendar consulta com o mastologista, assim como a realização de mamografia ou biópsia, já que o Sistema Nacional de Regulação (Sisreg) é complexo e obriga as mulheres a ficarem aguardando por um telefonema. Como o câncer tem pressa, muitas arrecadam doações com familiares e vão para a rede particular, mas as que não conseguem precisam aguardar o agendamento.

Um Programa de Navegação de Paciente (PNP), que será lançado como piloto ainda este ano no Rio de Janeiro, promete ajudar a resolver o problema. O PNP prevê um processo coordenado de assistência individualizada e oferecido aos pacientes para superar barreiras no acesso aos cuidados e tratamento de qualidade em sistemas de saúde complexos. A iniciativa tem como exemplo sistema americano e para Sandra Gioia, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia Regional Rio de Janeiro,  pode ser uma alternativa para o Rio e o Brasil como um todo.

Sandra acredita que a adesão à “Lei dos 60 dias” através do programa de navegação pode encurtar o tempo para o início do tratamento do câncer, reduzir a perda de seguimento e melhorar os resultados de muitas mulheres com a doença no Brasil. “Não só este projeto ajudará a melhorar os resultados dos pacientes com câncer de mama no Rio de Janeiro, mas espera-se que seja usado como modelo para ajudar pacientes em todo o Brasil e, mais tarde, em toda a América Latina”, afirma a mastologista.

Segundo ela, a navegação é aplicada com sucesso entre as populações carentes nos EUA e consiste na contratação de profissionais que seriam treinados para ajudar as pacientes a iniciar o tratamento em tempo hábil.  A novidade será apresentada durante o 7º Simpósio Internacional de Mastologia Rio – Sim Rio, organizado pela Sociedade Brasileira de Mastologia Regional Rio de Janeiro e que acontece entre os dias 15 e 17 de junho, na Barra da Tijuca (RJ). O evento contará com os principais especialistas brasileiros e estrangeiros compartilhando experiências e o que há de mais moderno no diagnóstico e tratamento das doenças de mama em todo o mundo.

O evento reúne representantes do governo, médicos e sociedade em geral para discutir caminhos para melhorar a detecção precoce do câncer de mama no Rio de Janeiro e diminuir o número de mortes. Isso porque poucos diagnósticos de malignidade são identificados na fase inicial, sendo mais frequente as detecções de tumores avançados – pelo menos de 60% a 70% dos casos. Além disso, ainda é grande o tempo que as mulheres atendidas pelo SUS levam entre receber o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Atendimento num só lugar

Uma das experiências de sucesso apresentadas no evento será a única unidade em modelo One Stop Care do Rio de Janeiro, formato que reúne todos os serviços de tratamento ao paciente de câncer num mesmo local. São recursos para realização de exame diagnóstico, tratamento, consultas, atendimento de emergência e pronto atendimento, internação com UTI. A unidade possui os mais recentes e modernos equipamentos para exames e tratamentos da doença.

Outra novidade é o investimento no tratamento psicoemocional, que promove encontros regulares de pacientes com ex pacientes e voluntários que tiveram histórias de sucesso na luta contra a doença. O projeto é da São Carlos Saúde Oncológica, que participa do evento e que está sendo completamente reformada em comemoração aos seus 50 anos de fundação.

No sábado, dia 17, o médico Bruno Fuser, oncologista da São Carlos Saúde Oncológica, participa como mediador da mesa redonda sobre Abordagem Integral do Câncer de Mama. Dr. Bruno Fuser é especialista em Oncologia Clínica (MSc Master of Science in Oncology) pelo Institute of Cancer Research, em Londres.

“É importante que o câncer de mama seja tratado com uma abordagem integral pela equipe multidisciplinar. A São Carlos já trabalha dentro deste conceito e, para nós, a oportunidade de trocar experiências e discutir novas abordagens e opções de tratamento é muito positiva”, explica o médico. Além da participação no debate, a São Carlos Saúde Oncológica, que completa 50 anos em dezembro de 2017, terá um estande com apresentação do conceito One Stop Care em tratamentos oncológicos para o cuidado do paciente com câncer.

Mais sobre o SIM Rio

Médicos renomados no cenário nacional e mundial, como Giuseppe Vialle (Itália), Aline Bukowski (EUA) e Tari King (EUA) estão confirmados e apresentarão as principais tendências e novidades do setor durante o Sim-Rio. Na ocasião, serão discutidas novas estratégias para a detecção precoce do câncer de mama, além do acesso rápido ao tratamento.

“A ideia é criar um documento final com as decisões consideradas urgentes e de contribuição direta para auxiliar as políticas públicas de saúde em câncer de mama. Posteriormente, pretendemos entregar aos gestores de saúde do Rio de Janeiro”, afirma Eduardo Millen, presidente da SBM-RJ. Além dos mastologistas e médicos, estarão presentes gestores do governo, apoiadores das áreas técnicas relacionados com o câncer de mama, pesquisadores interessados nos processos de tradução do conhecimento científico e sociedade civil do Brasil e do exterior.

O primeiro dia encerra com a participação da apresentadora Sabrina Parlatore, que após ter descoberto um câncer de mama, no ano passado, passou a ajudar outras pessoas com postagens nas redes sociais. “Eu precisava me fortalecer para poder falar e ajudar as outras pessoas. Essa é a minha intenção agora. Pela internet é uma enxurrada de gente, meninas que dizem que estou ajudando muito, que estavam desesperadas. Minha intenção é dar atenção a qualquer veículo e expor isso ao maior número de pessoas”, disse Sabrina durante o processo de recuperação. Hoje, ela também apóia os projetos do Instituto Avon, uma das ONGs que mais desenvolve projetos na luta contra o câncer de mama.

Após a conferência sobre os Desafios na Redução da Mortalidade do Câncer de Mama, haverá um seminário com a participação internacional da médica americana Alexandra Bukowski, que vai compartilhar sua experiência à frente do Global Cancer Institute, uma instituição sem fins lucrativos que visa melhorar a qualidade de vida de pacientes com câncer em todo o mundo. A  médica Tari King, Chefe de Divisão Associada de Cirurgia de Peito, Brigham and Women’s Hospital dos EUA participará da conferência sobre Abordagem Cirúrgica Primária da Mama e Axila.  O médico Giuseppe Vialle, pesquisador do Instituto Europeu de Oncologia, em Milão (Itália) participa do simpósio em diversos painéis.

Já no segundo e terceiro dia, a programação abordará temas voltados para a radiologia, cirurgia primária da mama e axila, genética molecular na prática clínica, perfis moleculares, além de uma abordagem integral do câncer de mama, como preservação da fertilidade, oncoplastia, gravidez após o câncer e cuidados paliativos. O evento ainda receberá o médico patologista Dr Giuseppe Vialle, considerado o  maios nome em patologia mamária no mundo e que vem revolucionando no tratamentos de pacientes com câncer de mama.

Serviço

Evento: Simpósio Internacional de Mastologia

Data: 15 a 17 de junho de 2017

Horário: 8h às 18h

Público-alvo: Mastologistas, oncologistas, patologistas, radiologistas, profissionais de saúde e sociedade em geral (no primeiro dia)

Local: Centro Médico Barra Shopping – Barra Shopping – 3º andar – Av. das Américas, 4666

Palestrantes internacionais: Aline Bukowski (EUA), Giuseppe Vialle (Itália), Tari King (EUA)

Informações/Inscrições: www.simrio2017.com.br ou  sim2017@interevent.com.br  21. 3326-3320

Programação: www.simrio2017.com.br

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!