Novidades para reduzir as mortes por doenças cardiovasculares

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

sala-virtual

“Reduzindo a mortalidade por doenças cardiovasculares” é o tema do 38º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), que acontece entre os dias 15 e 17 de junho (de quinta-feira a sábado), no Transamerica Expo Center, em São Paulo. O evento terá diversas apresentação de estudos, pesquisas, novas tecnologias e tratamentos. Conforme Ibraim Masciarelli Pinto, cardiologista e presidente da Socesp, as tecnologias que serão apresentadas durante o Congresso, além de representarem novos modelos de aprendizado, em sintonia com os tempos que vivemos, estimulam a indústria e o desenvolvimento de tecnologias nacionais.

“Queremos ensinar as pessoas, e essas ferramentas interativas seguramente implicarão em um aprendizado mais efetivo e duradouro. Ao mesmo tempo, nós incorporamos esses modelos, porque reconhecemos os talentos existentes no país, que são capazes de criar soluções voltadas às nossas necessidades. Não é uma adaptação dos modelos internacionais, mas, sim, ferramentas que foram desenvolvidas sabendo como os brasileiros pensam e agem”, disse.

O Congresso da Socesp de 2017 contará com a apresentação de tecnologias de realidade aumentada e impressão 3D, que auxiliam os médicos e estudantes no diagnóstico, análise e realização de procedimentos cirúrgicos das doenças cardiovasculares. As tecnologias serão apresentadas em sessões específicas durante o evento. Os participantes poderão visualizadas e testá-las durante a apresentação de casos clínicos reais.

Simulador virtual de prática clínica

Dentre as novidades, está a simulação da prática clínica no ambiente virtual.  A tecnologia nacional conhecida como Active Virtual Patient® (AVP) é a primeira ferramenta de discussão de casos clínicos em realidade virtual da América Latina. Desenvolvida por médicos e programadores nacionais, o AVP permite, de maneira totalmente interativa, a simulação do atendimento no consultório e a inserção de várias condições clínicas reais em um mesmo contexto de treinamento e aprendizado.

O Congresso da Socesp será o pioneiro na utilização dessa plataforma de interação multimídia e simulação digital. O ambiente de atendimento é completo, com recepção, consultório médico e sala de exame físico, onde o médico presente poderá realizar o treinamento do atendimento de pacientes como se fosse em seu ambiente real de trabalho. Todos os exames laboratoriais e de imagem podem ser inseridos, o que torna a experiência ainda mais completa.

De acordo com o cardiologista Rodrigo Marques Gonçalves, responsável por apresentar a tecnologia no Brasil, o diferencial é a rapidez e facilidade no aprendizado, direcionando a discussão para uma situação mais realista. “A retenção de conhecimento teórico e prático, por meio de ferramentas de treinamento e ensino inovadoras, que utilizam simulação, é muito superior à dos modelos tradicionais existentes”, explica.

Confira outras novidades:

Biomodelos de corações humanos

startup BioArchitects, que desenvolve biomodelos, ou seja, réplicas de órgãos, ossos e outras estruturas anatômicas feitos a partir de exames de imagem, como uma tomografia, demonstrará in loco biomodelos de corações humanos, feitos com impressão em 3D, além de um dispositivo de realidade aumentada acessado por meio de um smartphone ou um tablet, que simula fielmente o coração, auxiliando o médico a diagnosticar possíveis patologias. Ainda, a startup apresentará um óculo de realidade virtual, que permite ao médico visualizar com precisão as cavidades internas do coração.

Segundo o cirurgião Luiz Antonio Rivetti, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, que já testou a eficácia de réplicas de corações impressos em 3D em quatro cirurgias de aneurisma de ventrículo esquerdo, “além de reduzir a curva de aprendizado, os biomodelos diminuem o tempo de cirurgia, permitindo que o cirurgião planeje o processo, auxiliando-o na segurança e eficácia na realização dos procedimentos”.

Monitor de pressão arterial

O CNAP é um monitor de pressão arterial contínuo não invasivo, único no Brasil com essa tecnologia, produto registrado pela empresa Cardio Web. O CardioNet DICOM (da empresa Cardios), que possui o sistema de comunicação de imagens digitais em medicina –, que contém normas para tratamento, armazenamento e transmissão de imagens médicas em formato eletrônico.

A Linha Micromed Air de eletrocardiógrafos sem fio, possibilita a comunicação direta dos eletrocardiógrafos com os computadores, via tecnologia Bluetooth®, que além de garantir a estabilidade de sinal e contribuir para a geração de exames de melhor qualidade, auxilia no avanço da cardiologia mais humanizada. São práticas mais confortáveis e liberdade total de movimentação a pacientes, médicos e auxiliares, e, garante segurança pois permite a monitoração continuada do paciente, mesmo em eventos de emergência.

Novos estudos

No dia 16, a Amgen realizará às 12h, o simpósio intitulado “O que os estudos de desfecho cardiovascular trazem para a prática diária?” durante a conferência, serão abordados os estudos GLAGOV e FOURIER, ambos da biofarmacêutica, que avaliaram os benefícios do medicamento Repatha® (evolocumabe) para pacientes com o colesterol alto genético (hipercolesterolemia familiar) e pacientes com alto risco de sofrer um acidente cardiovascular.

O estudo GLAGOV avaliou os efeitos do medicamento em pacientes de alto risco ou com (HF) e mostrou que 90% dos pacientes conseguiram diminuir os níveis de LDL-C abaixo de 70mg/dL, índice considerado saudável e recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e 64% dos pacientes tiveram regressão nas placas ateroscleróticas, duas vezes mais que a estatina, o tratamento padrão.

Já o estudo de desfechos FOURIER, apresentado no início de 2017, avaliou 27.564 pacientes, 693 deles brasileiros, com doenças cardiovasculares clinicamente evidentes e quebrou um paradigma ao estabelecer pela primeira vez uma redução intensa dos níveis de LDL-C com Repatha®, além do que é possível com a melhor terapia atual isolada, a uma redução adicional de 20%. Ou seja, 1 evento evitado a cada 5, noseventos cardiovasculares principais, incluindo infarto do miocárdio, AVC isquêmico ou revascularização coronariana. Segundo o estudo, cada um desses eventos teve redução de 27%, 21% e 22%, respectivamente. O estudo ainda comprovou ainda uma redução nos níveis de LDL-C para ao menos 25mg/dL em 42% dos pacientes, resultado superior aos índices recomendados pelos especialistas.

Lançando no Brasil no final de 2016, o Repatha® trouxe uma nova, segura e eficaz opção para pacientes brasileiros que têm dificuldade de controlar os níveis de LDL-C com o tratamento padrão, com as estatinas, trazendo benefícios que ajudam a manter a qualidade de vida e ajudam a evitar eventos cardiovasculares.

Novo medicamento para hipertensão

Além das inteligências, o evento apresentará o ACERTANLOTM, medicamento que foi desenvolvido após um programa de pesquisa, o maior da última década na hipertensão, e representa uma nova estratégia no tratamento da hipertensão com doses mais otimizadas da associação de perindopril arginina e anlodipino.

Manual de Cardio-Oncologia do Brasil

No dia 16, às 12h30, será lançado o primeiro “Manual de Cardio-Oncologia do Brasil”. O trabalho reúne dados da experiência acumulada por duas das principais áreas do Hospital Sírio-Libanês – o Centro de Cardiologia, dirigido pelo professor Roberto Kalil Filho, da Socesp, e o Centro de Oncologia, liderado pelo professor e médico Paulo Hoff. O livro é editado pelos professores Ludhmila Abrahão Hajjar, Paulo Hoff e Roberto Kalil Filho, com foco em estratégias diagnósticas e condutas terapêuticas.

Ainda, no dia 15, das 12h50 às 14h20, a Boehringer Ingelheim, realizará o simpósio internacional “Cardioproteção comprovada em um antidiabético oral”, que irá discutir novas diretrizes para o tratamento de pacientes com diabetes tipo 2, prevenindo complicações cardiovasculares. O cuidado com a saúde do coração é vital para os diabéticos. Até 80% dos pacientes com diabetes tipo 2 morrem em decorrência de problemas cardiovasculares.

Informações: http://www.socesp2017.com.br/

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!