Fim do amarelado: como ter dentes branquinhos, como os das estrelas

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Sorriso da atriz Juliana Paes é considerado modelo por sociedade que representa odontologia estética (Foto: FM O Dia /Divulgação)
Sorriso da atriz Juliana Paes é considerado modelo por sociedade que representa odontologia estética (Foto: FM O Dia /Divulgação)

Quem não quer exibir um sorriso perfeito como o dos comerciais de creme dental ou mais precisamente da atriz Juliana Paes, eleita recentemente o sorriso do ano pela Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE)? No mundo das selfies, manter um sorriso em harmonia com o rosto tem se tornado uma preocupação do brasileiro, que é vaidoso e atento às novidades do mercado.

A busca pelo “sorriso de artista” e a procura por clínicas especializadas em estética dental movimentam os consultórios odontológicos por todo o país. Segundo uma pesquisa realizada pela SBOE, o Brasil é o segundo país que mais investe na odontologia estética no mundo.

“Dentes manchados ou amarelados ganham vida nova e ficam mais brancos e brilhantes.  Um sorriso perfeito faz a diferença na vida de qualquer pessoa, aumenta a autoestima, a convivência social, além de ser um incentivo para o cuidado ainda maior com a saúde bucal”, afirma Marcelo Braga, gestor clínico da MB Odontologia Especializada, no Rio de Janeiro.

Segundo ele, o clareamento dentário ainda é a técnica mais procurada, mas que também gera muitas dúvidas, seja através de laser realizado no consultório ou o caseiro com moldeira. No realizado a laser no consultório é aplicado o gel de clareamento que será ativado com o auxílio de Leds e do Laser, são indicadas no máximo duas sessões com intervalo de três dias, mas já na primeira sessão o resultado é visível. Já no caseiro com moldeira, o paciente usa moldeiras de silicone com o gel clareador algumas horas por alguns dias até alcançar o tom ideal.

O tratamento pode durar de uma a três semanas, dependendo do grau de escurecimento dos dentes, e a cada semana o paciente deve ir ao consultório para uma avaliação. Mas o ideal mesmo, segundo o cirurgião-dentista é realizar os dois juntos, para se complementarem, possibilitando alcançar o tom desejado. Para ajudar os pacientes que procuram esse tratamento, Dr Marcelo Braga tira dúvidas frequentes sobre o procedimento.Confira:

Marcelo Braga, especialista em Odontologia Estética, explica como é feito o processo de clareamento dental (Foto: Divulgação)
Marcelo Braga, especialista em Odontologia Estética, explica como é feito o processo de clareamento dental (Foto: Divulgação)

Blog Vida & Ação – Por que o dente fica amarelado ou manchado? E como age o clareamento?

Marcelo Braga – O dente possui pigmentos em seus tecidos superficiais e profundos. Estes, vêm principalmente da dieta rica em corantes. O agente clareador é capaz de penetrar na estrutura dentária e reagir quimicamente com estes pigmentos, quebrando-os em moléculas muito menores, que refletem a luz de forma diferente – e podem inclusive ser difundidos para fora da estrutura dental, causando a diferença visual de dentes mais claros.

Blog Vida & Ação – Quanto tempo pode durar o clareamento dental?

Marcelo Braga – A durabilidade do clareamento dental depende em sua maior parte dos hábitos alimentares, de higiene e da assiduidade do paciente ao consultório. Nos pacientes fumantes, que tomam muito café, refrigerantes à base de cola, chás escuros, vinho tinto, açaí, o clareamento dental dura pouco, tendo que ser repetido uma vez por ano para se manter. Os pacientes que não têm esses hábitos podem repetir o tratamento a cada dois ou três anos.

Blog Vida & Ação – E o resultado vai ficar como antes?

Marcelo Braga – É importante salientar que, quando os dentes clareados escurecem, nunca mais voltam à cor original. De qualquer forma, o clareamento dental tem a finalidade de trazer a beleza ao sorriso e é um procedimento muito comum da estética dental, recomendado a todos.

Blog Vida & Ação -Em que situações o clareamento é indicado? E quais são as contra-indicações?

Marcelo Braga – O clareamento dental pode ser realizado para clarear dentes hígidos, perfeitos, sem nenhuma restauração em resina composta e também em dentes com pequenas restaurações estéticas. Porém, segundo Braga, os géis clareadores não exercem nenhum efeito sobre as resinas ou porcelanas. As únicas contra-indicações para o clareamento são para gestantes e pacientes com doenças gengivais, cárie ou qualquer outra patologia bucal.

Blog Vida & Ação – A sensibilidade nos dentes aumenta com o clareamento?

Marcelo Braga – Alguns pacientes podem apresentar uma ligeira sensibilidade nas gengivas quando se utiliza o gel numa maior concentração, como por exemplo 20%. Caso isto ocorra, basta suspender a aplicação por uma noite. Sempre que ocorrer algum tipo de sensibilidade, entre em contato com seu dentista. É fundamental que todo paciente siga a orientação do seu dentista, que realizará a monitoração do tratamento de clareamento dos dentes do início ao fim. Não é recomendado adquirir produtos de clareamento em farmácias e drogarias, pois estes produtos não tem a mesma eficiência daqueles usados pelos profissionais e podem provocar efeitos secundários indesejados.

Os principais tratamentos de estética dental

Heloísa Crisóstomo, presidente da Associação Brasileira de Odontologia – DF (ABO/DF), explica que o clareamento é um procedimento realizado através das aplicações de ácidos que removem os pigmentos impregnados na estrutura dentária, deixando-os com o aspecto mais branco.Ele pode ser realizado de duas maneiras. Quando feito em casa, é confeccionada uma placa individualizada para o paciente dispensar o produto e realizar a auto aplicação. Já quando realizado no consultório, o paciente passa por consultas sequenciais com a aplicação de um ácido com duração de aproximadamente 45 min. Para potencializar o resultado, as duas maneiras também podem ser usadas associadas, desde que sob orientação profissional.

Antes de optar pelo clareamento, é preciso observar pontos que podem comprometer os resultados. “Para realizar o procedimento, é necessário avaliar a estrutura dentária. Saúde bucal precária, cáries e infecções devem ser tratadas antes de começar o clareamento”, explica. Vale lembrar que durante o processo é necessário ter cuidado com a alimentação e evitar ingerir produtos que possuem corantes, bebidas ácidas e, além disso, não fumar. A duração do tratamento irá depender da técnica empregada. Cabe ao cirurgião-dentista avaliar qual método, ou o método associado, que está mais indicado para cada paciente.

Confira outros tratamentos de estética dental para dar um up no sorriso nessas férias, além de cuidados especiais que devem ser mantidos o ano inteiro:

1 – Lentes de contato

Dados registrados pela Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE) indicam um crescimento de 300% na busca por esse procedimento entre os anos de 2014 e 2015, na região Sudeste.  Daniel Sene Vasconcelos, da Clínica Clean Odontologia, em São Paulo, explica que as lentes de contato dental são indicadas para quem quer aumentar o tamanho ou volume dos dentes ou ainda, clareá-los.

“Com aparência semelhante à unha postiça por causa da sua fina espessura que vai de 0,3 mm a 0,5 mm, elas são colocadas na frente dos dentes para então corrigir as imperfeições como forma e cor, ajudar no balanceamento de pontos de contato entre os dentes (melhorando o encaixe dos dentes), ou ainda, para preencher espaços que aparelhos ortodônticos muitas vezes não corrigem”, explica o cirurgião-dentista.

Indicadas para pessoas acima de 18 anos, quando já houve o desenvolvimento total da arcada dentária, mandíbula e outras estruturas dentárias, as facetas são colocadas em duas etapas sendo que na primeira há a uma avaliação que inclui moldagem inicial, fotos de frente, boca fechada e aberta, sorriso máximo, perfil direito e esquerdo e análise de radiografias. Na consulta seguinte, o profissional molda e confecciona as peças de resina para fazer os ajustes necessários.

As lentes de contato são ultrafinas lâminas de porcelana que são colocadas sobre o dente para melhorar cor, tamanho e forma. O tempo de duração do procedimento varia de acordo com cada caso. Em geral, quatro consultas são necessárias para finalizar o processo. Normalmente esta intervenção não resulta em sensibilidade, pois o desgaste é mínimo ou nenhum. “O valor do investimento não é baixo, mas vale pela durabilidade e resultados incríveis que este procedimento proporciona”, enfatiza  Heloísa.

“Fazemos uma espécie de escaneamento para então confeccionar uma a uma, através da lapidação de um bloco de porcelana e uma impressora 3D. Em seguida, estas lentes são cimentadas com um material que evita qualquer tipo de ris co de infiltração e o melhor, essa etapa toda pode ser feita em apenas um dia”, complementa Daniel.

2 – Facetas

A faceta é um procedimento que recobre a superfície dentária aparente. Ou seja, funciona como uma “capa” de porcelana é aplicada para melhorar cor, tamanho, posicionamento ou formato dos dentes. Essa evolução da odontologia cosmética caiu nas graças de estrelas como Zac Efron, Lindsay Lohan e Demi Moore. Na consulta inicial será avaliada a indicação do procedimento. A partir da necessidade estética do paciente elaboramos o plano de tratamento ideal para o caso. Normalmente é uma técnica indolor pois trabalha na superfície do dente chamada de esmalte. O paciente é orientado a evitar alimentos que exijam maior esforço mastigatório da região onde estão as facetas. O valor do procedimento normalmente depende do grau de dificuldade e da quantidade de dentes envolvidos.

3 – ;Botox dental

Mas as novidades não param por aí. A toxina botulínica que por muito tempo foi sucesso nas clínicas de estética agora invade as clínicas odontológicas. Indicada no tratamento do sorriso gengival, aquele quando a gengiva aparece muito ao sorrirmos, a toxina botulínica é aplicada no lábio superior, relaxando os músculos locais e diminuindo a exposição. O efeito dura de quatro a seis meses, após os quais pode ser necessária ou não a reaplicação. Também há uma boa melhora no chamado código de barras, aquelas ruguinhas em volta dos lábios.

4 – Limpeza Bucal

Para deixar o sorriso em dia, além dos cuidados em casa, é importante fazer a limpeza no consultório. O procedimento garante a remoção de sujeiras que o paciente não consegue retirar sozinho, como a retirada das placas bacterianas e tártaro. “Pacientes que tem doenças periodontais, como a gengivite, e acumulam cálculos com maior frequência, deve manter um intervalo entre as consultas ainda menor. Já os pacientes que controlam bem a escovação, podem ter intervalos maiores”, explica a profissional.

5- Cuidados diários

Os cuidados do dia a dia também são fatores importante na manutenção de um sorriso bonito. “O mais importante é a escovação adequada e o uso do fio dental para manter a saúde gengival e dentária”, ressalta a especialista.  Cuidado com a dieta! Alimentos ácidos devem ser evitados para não desgastar a estrutura dentária e excesso de corante pode deixar o dente escuro e pigmentado, principalmente vinho tinto, café e tabaco.

Veja mais em: Clareamento dental enfraquece os dentes. Mito ou verdade?

Serviço:

MB Odontologia Especializada

Dr. Marcelo Braga – Gestor Clínico

(21) 3561-7393 e email @mbodontologiaespecializada

Facebook: https://www.facebook.com/mbodontologiaespecializada

Site: http://www.marcelobragaodontologia.com.br

Av. Presidente Vargas 633 – Grupo 1508-1509, Centro, Rio de Janeiro

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!