Folia com saúde e segurança: dicas para os pequenos foliões

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

bloco_criancas

Das tradicionais festas de carnaval, bloquinhos de rua às matinês destinadas às crianças, o feriado pode ser aproveitado com os pequenos de várias formas. Entretanto, os pais devem se atentar a saúde das crianças nesse período que a rotina fica alterada. É importante manter a atenção na criançada, pois nesses períodos de folga pode-se relaxar mais do que deveria na vigilância. Pensando nisso, o Blog Vida & Ação traz um desfile de dicas de especialistas.

O diretor de comunicação da Sterilair, Felipe Prado, desenvolveu cinco dicas simples para que a família possa aproveitar a festança com tranquilidade:

  1. Cuidado com a queda das crianças

A cabeça da criança corresponde a 25% do seu peso total, enquanto no adulto a porcentagem é de 6%. Por isso, as crianças têm tendência a se desequilibrar fácil. Se atente e mantenha a mão da criança com a sua. Se for assistir algum bloco ou desfile de sacadas o cuidado tem que ser redobrado.

2. Leve frutas e muito líquido ( bolsas térmicas são ótimas)

Se você vai aproveitar o carnaval fora de casa, pode ser praças, museus, ou blocos de rua tenha sempre um lanche saudável para dar aos pequenos. Vale lanches naturais,frutas, sucos e muita água. Nesse período a temperatura tende a ser elevada e a desidratação é algo recorrente nas crianças e adultos.

3. Carnaval em casa: cuidado com os ambientes

Vale confeccionar máscaras, cozinhar e brincar na residência, mas lembre-se crianças brincam com outras crianças e nesse período o resfriado e gripe é algo comum nessa faixa etária. Tenha sempre um esterilizador em casa para evitar doenças e alergias respiratórias. E mantenha os tapetes e cortinas limpos. Se for cozinhar com os pequenos, cuidado com o fogão e itens cortantes.

4. Protetor solar: lambuze os pequenos

Independente se o seu intuito no feriado seja ficar na cidade grande ou ir para o litoral passe protetor solar nas crianças. A exposição ao sol denigre a pele e pode acarretar muitas doenças. O ideal, se for sair com os filhos nos bloquinhos de rua, praças ou praia, é renovar o bloqueador a cada 3 horas.

5. Fantasia: cuidado com os itens cortantes

Toda criança gosta e quer ter uma fantasia bonita e colorida. E é muito válido colocar os filhos para ajudar na confecção da própria roupa. A atividade desperta itens cognitivos e a curiosidade. Porém, cuidado com lantejoulas que podem ser engolidas facilmente pelos pequenos, itens pontiagudos e atente-se as tintas que devem ser apropriadas para as crianças.

Para garantir que a tristeza não tenha espaço na folia, a Criança Segura separou cinco dicas para evitar acidentes com os pequenos durante as festas. 
1 – Segurança do local
Antes de sair correndo atrás do trio elétrico e se jogar na festa sem preocupação é preciso estar atento a alguns detalhes. Para isso, pense sobre onde vai ser a folia: na rua ou no salão? Em um salão, é preciso observar se o piso é escorregadio, se o acesso às escadas é protegido por uma porta ou portãozinho, se as janelas possuem telas ou grades, etc. Já na rua, verifique se o local está fechado para o acesso de carros, por exemplo. Para garantir a segurança dos pequenos, cada situação deve ser observada a partir de suas especificidades. Mas, o mais importante é a supervisão constante de um adulto, que deve ficar sempre alerta a qualquer sinal de perigo.
2 – Com que roupa eu vou? 
 Seja com alguma fantasia ou só com uma roupa bem leve, para se divertir muito na festa sem ter preocupação é importante prestar atenção em alguns detalhes da roupa que a criança irá usar para garantir que ela não se machuque. Evite roupas com cordões ou o uso de correntes no pescoço, pois eles podem se prender em algum lugar e causar estrangulamento. Também fique atento a botões e pequenos ornamentos, que podem se soltar e ser engolidos pela criança, causando sufocação.
3- Cuidado com os sapatos
Carnaval é para correr, pular, dançar e brincar. Por isso, muita atenção ao calçado da criança para evitar quedas. Sandálias devem ser seguras e firmes nos pés e tênis precisam ficar com os cadarços sempre muito bem amarrados.  Uma boa ideia é se inspirar nessa iniciativa de uma professora que foi aluna de um curso da Criança Segura e trocar os cadarços dos sapatos por elásticos coloridos. Essa dica dá um charme a mais à fantasia, não acha?
4 – Intoxicação e engasgamento
Confete, serpentina, espuma, tatuagens temporárias, tinta e glitter. Tudo isso pode ser usado para aumentar a diversão dos pequenos durante a folia. Porém, os responsáveis pelas crianças devem ficar atentos para evitar casos de intoxicação e sufocamento. Observe se os produtos que serão utilizados na folia são atóxicos e hipoalergênicos e evite deixar a criança entrar em contato com artigos de procedência duvidosa, sem selo do Inmetro ou sem aprovação da Anvisa. Além disso, explique para as crianças porque elas não devem colocar confete na boca, enrolar a serpentina no pescoço ou brincar de jogar espuma nos olhos e na boca de outras pessoas. Assim a brincadeira é garantida e segurança dos pequenos também.
5 – Alimentos leves e bastante água
Curtir o Carnaval com os pequenos e permitir que eles corram, pulem e brinquem livremente, além de garantir lindas lembranças e boas histórias para contar, é ótimo para o desenvolvimento das crianças e sua socialização. Mas, devido às altas temperaturas que costumam fazer nessa época do ano, é importante que os responsáveis pelas crianças não se esqueçam de oferecer água constantemente para meninos e meninas para evitar desidratação.  Além disso, é importante que as crianças ingiram alimentos leves. Mas lembre-se: na hora de comer é melhor que a criança esteja parada e calma, para que ela mastigue bem e devagar os alimentos, evitando, assim, engasgamento.

Receitas simples e fáceis para a criançada

A nutricionista do Colégio Mopi http://www.mopi.com.br/ Cíntia Ferreira elaborou 4 receitas simples, fáceis, que podem ser feitas em casa e que ainda trazem benefícios nutricionais aos pequenos.

1.     Sanduíche integral de frango com milho e linhaça 

2 fatias de  pão de forma integral

70g de filé de frango desfiado (temperado apenas com alho, cebola, sal e temperos naturais, como orégano, manjericão, cebolinha)

1 colher de sopa de requeijão light

1 colher de sopa de milho verde

Linhaça a gosto

Desfie o frango em um recipiente , acrescente os demais ingredientes e misture . Monte o sanduíche e sirva.

Evite temperar as carnes com temperos industrializados, pois os mesmos são ricos em sódio.

 

2.     Brigadeiro saudável de copo

1 abacate médio maduro

6 colheres de cacau em pó a 70%

Canela em pó

Amasse o abacate até formar um massa bem consistente. Misture aos poucos o cacau em pó até que o creme fique bem escuro. Com o mixer, pulse a massa a até ficar bem homogênea. Em seguida, polvilhe canela em pó e sirva nos potinhos.

– Uma ótima opção para reduzir o consumo de açúcar dos nossos pequenos.

3.     Suco refrescante 

 

3 rodelas de abacaxi

7 folhas de hortelã

400 ml de água

Bata tudo no liquidificador e beba sem coar.

Propriedades: O abacaxi é um fruto rico em água, ajudando, assim, o corpo a se manter hidratado, com todo esse calor que estamos enfrentando.

4.     Picolé caseiro de frutas com água de coco 

 

8 morangos picados

2 kiwis picados

2 mangas picadas

500 ml de água de coco fresca

Em forminhas de picolé, coloque as frutas picadas até um pouco abaixo da superfície da forma e preencha as forminhas com água de coco. Deixe no freezer durante uma noite.

Essa é uma ótima opção para os bebês e crianças se refrescarem sem nenhum maleficio a saúde.

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!