O ano de 2024 registrou o mês de junho mais quente da história, superando o recorde anterior de 2023, anunciou nesta segunda-feira (8) o Copernicus (C3S). Já são 13 meses de calor histórico, segundo o o observatório europeu –  desde junho de 2023, cada mês tem quebrado seu próprio recorde de calor. A temperatura média global dos últimos 12 meses (julho de 2023 a junho de 2024) é o maior já registrada. 

Mais do que uma raridade estatística e evidencia uma mudança importante e contínua em nosso clima”, disse Carlo Buontempo, diretor do observatório. “Ainda que esta série particular de extremos acabe em algum momento, estamos preparados para observar novos recordes sendo batidos à medida que o clima continua esquentando”, comentou.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *