Ex-atleta olímpica Laís Souza dá lição de superação em universidade

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

Laís Souza é inspiração para milhares de pessoas por meio da sua história de superação. A ex-atleta olímpica dedicou-se à ginastica artística desde os 10 anos, tendo conquistado diversos títulos e medalhas. A ginasta representou o Brasil em duas olimpíadas – Atenas 2004 e Pequim 2008 e esteve entre as quatro melhores atletas desse esporte. No ano seguinte, aceitou o desafio de começar em um novo esporte – esqui aéreo – e, no mesmo dia em que receberia a notícia da classificação para a Olimpíada de inverno de 2014, sofreu o acidente que mudaria sua vida.

Laís venceu o risco de morte e o prognóstico era tetraplegia, respiração e alimentação, dependente de ajuda de aparelhos sem perspectiva de melhora. Mas foi cantando durante a sessão de fisioterapia que ela derrubou o parecer médico e respirou sem a ajuda de máquinas pela primeira vez. Daí em diante, novas “pequenas vitórias”, como Laís costuma se referir, iriam escrever uma história de superação.

Hoje, ela divide as lições da vida de atleta e das conquistas pessoais por meio de palestras. Aluna do curso de História da Estácio no Rio de Janeiro, ela vai ministrar a palestra “Superando Desafios” no dia 23 de março, terça-feira, a partir das 18h, com transmissão por meio do Instagram @estaciosulacap.

Durante o encontro on-line com estudantes, docentes e o público externo em geral, a universitária vai contar um pouco da sua trajetória de perseverança, disciplina e foco e também falar como concilia as sessões de fisioterapia e a agenda de trabalho, sem deixar de lado os estudos. Atualmente, além de ser estudante da instituição, Laís integra o Time Estácio no programa Estácio no Esporte, que apoia diversos atletas.

Recentemente, Laís usou as redes sociais para refletir sobre o acidente, ocorrido há sete anos. “Foi justamente enfrentando as grandes montanhas da minha vida, deslizando em um longo tapete branco de infinitas possibilidades, na velocidade, porém um pouco maior, do que meus desejos, que então a sutileza da vida me mostrou uma nova jornada”, disse.

Campanha contra evasão escolar

Americanas e Unicef se unem em uma campanha contra a evasão escolar de adolescentes e jovens, problema social potencializado durante a pandemia da Covid-19. Neste período de retorno às aulas no Brasil, a Americanas lança a campanha “Juntos podemos incentivar a educação”, encorajando os clientes a fazerem doações e dobrando o valor doado para a instituição.

O montante arrecadado será usado na compra de kits de educação à distância, distribuídos para alunos da rede pública de todo o Brasil. Os kits contarão com um smartphone, um chip de celular com acesso à internet, um livro de literatura, um pote de álcool em gel de 420g, três máscaras reutilizáveis – de pano – e um folheto com dicas de saúde e de prevenção à Covid-19.

Durante a ação, os clientes são impactados, no momento de finalização da compra no site e app da marca, com a opção de doar R﹩2,00 para a campanha . Quando o cliente doar, a Americanas automaticamente faz uma doação no mesmo valor, totalizando R﹩4,00, que faz referência ao ODS 4 (Educação de Qualidade), da Agenda 2030 da ONU. Os valores serão revertidos para a compra dos kits que serão distribuídos nacionalmente pelo UNICEF para os estudantes.

O cliente pode doar também pelo super app Ame Digital. Na aba “Doações”, basta escolher a causa “Crianças e adolescentes”, clicar no ícone do UNICEF e selecionar o valor de R﹩ 2,00, referente ao kit de educação à distância.

Outras doações – Durante a pandemia, a Americanas doou para o UNICEF mais de 175 mil kits de higiene para idosos, fraldas geriátricas, garrafas de água, máscaras, álcool em gel, entre outros. As doações beneficiaram mais de 419 mil pessoas nas cidades de Belém (PA), Manaus (AM), São Luís (MA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Rio de Janeiro e São Paulo.

Lazer passará a ter um dia mundial em 16 de abril

O lazer, uma prática importante que a população vem utilizando para enfrentar a situação de isolamento social causada pela pandemia de Covid-19, ganhará uma data especial para ser celebrado ao redor do planeta, a partir de 2021. Numa iniciativa da WLO – World Leisure Organization (Organização Mundial de Lazer), será criado o Dia Mundial do Lazer, que nesta primeira edição será comemorado dia 16 de abril.

O objetivo da criação de uma data global para o lazer – num momento em que a busca por modos para desfrutar o tempo livre de maneira saudável, segura e divertida nunca foi tão necessária – é destacar a sua importância para a sociedade, além de ampliar as possibilidades desta manifestação e promover a reflexão sobre os acessos e dificuldades ainda existentes. A iniciativa é coordenada pelo WLCE/USP (Centro de Excelência em Estudos do Lazer), em parceria com o LAGEL (Laboratório de Gestão das Experiências de Lazer) e o Sesc.

Para anunciar oficialmente a criação da data e marcar o lançamento do evento global, será realizado, hoje, 26 de março, às 16h, no canal do Sesc São Paulo no YouTube (youtube.com/sescsp), um debate online aberto ao público sob o tema “Lazer para uma vida melhor”. O evento de lançamento integra a programação da sérieIdeias #emcasacomosesc.

Na live, os convidados irão debater sobre essa prática como direito social e sua relevância na vida cotidiana, trazendo reflexões acerca das barreiras sócio econômicas, culturais e físicas do lazer no contexto atual e em perspectivas futuras.

O encontro contará com a participação do Prof. Ricardo Uvinha (WLCE/USP – Centro de Excelência em Estudos do Lazer), do Prof. Antonio Carlos Bramante (LAGEL – Laboratório de Gestão das Experiências de Lazer), do Prof. Anderson Dalbone (Departamento Nacional do Sesc) e da Profa. Cristina Ortega (Organização Mundial do Lazer). A mediação será da Profa. Maria Luiza Souza Dias (Sesc SP).

Como a Biotecnologia está transformando a Medicina

O Banco Safra realiza nesta quarta e quinta-feira (24 e 25 de março), às 17h, um evento ao vivo sobre como a biotecnologia está transformando a medicina e o que podemos esperar para os próximos 10 anos. Mediado por Jorge Sá, estrategista de investimentos do Safra, o evento tem participação de especialistas de biotecnologia & saúde, David Schlesinger (CEO e Cofundador da Mendelics) e Ricardo di Lazzaro Filho (Cofundador da Genera). Para acompanhar, basta se inscrever no link.

Programa Cuidar Mais aborda equilíbrio emocional

A fim de oferecer conteúdo de saúde e bem-estar, o grupo de Alimentação Natural, da Fundação Mokiti Okada, apresentará o programa Cuidar Mais – equilíbrio emocional, na Mokiti Okada TV, em 31 de março, às 19 horas. A psicóloga Celina Santos discorrerá sobre como percebemos os sentimentos em nós, a maneira como nos relacionamos com as pessoas e como nos percebemos dentro das relações. O programa será exibido na Mokiti Okada TV , no Facebook  e no canal do Youtube

Com Assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!

You may like

In the news
Leia Mais
× Fale com o ViDA!