ALIMENTAÇÃOVERÃO

Exagerou nas festas? Descubra como desinchar o corpo rápido 

As tradicionais festas de fim de ano são marcadas pela abundância e repletas de comidas e bebidas altamente calóricas. Não tem como negar que são muitas as tentações diante das irresistíveis variedades de pratos salgados e doces. Por isso, é comum exagerar no consumo de açúcar e gorduras. Sem contar os excessos de bebidas industrializadas e álcool que potencializam o inchaço e a conhecida ressaca.

Para curtir os momentos especiais com a família e os amigos até vale fugir da dieta por uns dias, mas logo após os dias festivos, os incômodos desencadeados pela má digestão e o inchaço logo surgem. A sensação indesejada de inchaço causada pela retenção de líquidos aparece e faz correr atrás do prejuízo.

O importante é que tem solução! Antes de mais nada, é importante saber o que é a sensação de inchaço que sentimos quando exageramos na alimentação e no álcool. A nutricionista Andryely Pedroso, consultora técnica da Desinchá, explica que a retenção de líquidos é um problema comum após um período de exageros na alimentação, como o alto consumo de açúcar, sódio e álcool.

“O corpo passa a reter água entre as células e o resultado é a sensação de inchaço no corpo, especialmente nas extremidades como pés e mãos e regiões como barriga e rosto. Por vezes, esta retenção de líquidos pode gerar um edema visível, capaz de deixar a pele brilhante devido ao acúmulo de água em locais específicos do corpo”, comenta.

Fernanda Larralde, especializada em Nutrição Esportiva, Saúde da Mulher e Fitoterapia, formada em Coaching Nutricional e palestrante, há cuidados que podem ser tomados para amenizar esse processo.  “A retenção de líquidos é um processo natural do organismo. Ela pode ocorrer pela falta de ingestão de líquido, ou pelo consumo excessivo de sódio, mais concentrado em alimentos ultraprocessados”, conta.

equilíbrio na alimentação e os cuidados para uma vida saudável devem estar bem alinhados. Isso vale até mesmo nessas ocasiões quando costumamos exagerar em comidas e bebidas.

“Os chás anti-inflamatórios e antioxidantes, como o hibisco e chá verde, contêm propriedades fitoterápicas que ajudam a combater os efeitos dos radicais livres e prevenir o envelhecimento celular e diversas doenças”, acrescenta Fernanda, que também é parceira da rede Bio Mundo.

5 passos para desinchar o corpo rápido

Se você exagerou nas festas de fim de ano e busca uma solução rápida para ajudar a desinchar, a nutricionista Andryely Pedroso traz cinco dicas para eliminar a retenção de líquidos (inchaço):

1. Beba 40 ml de água por quilo de peso corporal

Quanto mais água você beber, menos água o seu corpo irá reter. No verão, a desidratação torna-se comum, devido às altas temperaturas, o uso frequente de ar condicionado, a ingestão de álcool e outros fatores. Para evitar a desidratação e a retenção de líquidos, busque beber aproximadamente 40 ml de água para cada quilo de peso corporal.

Mantenha uma boa hidratação durante o dia. Se preferir, você pode adicionar frutas cítricas para saborizar a água ou incluir chás sem açúcar nesta meta diária de ingestão hídrica. Beber água regularmente ajuda a sinalizar ao organismo que não há necessidade de retenção de líquidos. Evite beber água apenas quando sente sede, pois a sede é um sinal tardio de desidratação.

2. Consuma frutas e verduras diuréticas

Busque incluir frutas e verduras com alto teor de água e menor teor de carboidratos, com propriedades diuréticas naturais na sua dieta, como melancia, melão, abacaxi, maçã, cenoura, beterraba, pepino e tomate. Esses alimentos estimulam a produção de urina e auxiliam com a eliminação de líquidos retidos.

3. Evite alimentos ultraprocessados, sal e açúcar 

Os alimentos ultraprocessados, ricos em sódio e açúcares refinados, podem aumentar a retenção de líquidos e a inflamação corporal. Evite consumir alimentos como embutidos, doces, alimentos em conserva, massas refinadas e bebidas alcoólicas.

4. Pratique exercícios físicos associados a estimulantes naturais

A prática de exercícios físicos, especialmente atividades aeróbicas como caminhada, corrida, natação e ciclismo, pode melhorar muito a circulação sanguínea e a eliminação de líquidos retidos, porque o movimento muscular durante o exercício estimula o sistema linfático, auxiliando na eliminação de líquidos retidos.

Outra forma de desinchar o corpo após os exageros do fim do ano é praticar exercícios físicos associados a suplementos estimulantes naturais. É importante ressaltar que algumas pessoas têm contraindicação para consumir estimulantes, como cafeína, por isso, procure o auxílio profissional antes de utilizar qualquer suplemento alimentar.

Entre os melhores suplementos estimulantes para otimizar os exercícios físicos, estão aqueles à base de café e cafeína, substância estimulante natural presente no café e chá verde, por exemplo. Você pode escolher um suplemento com cafeína time release, com liberação lenta do estimulante, ou café verde, que é rico em ácido clorogênico, um antioxidante com propriedades anti-inflamatórias e diuréticas.

5. Beba chás diuréticos e antioxidantes

Além de aumentar a ingestão de água e alimentos diuréticos, inclua na sua rotina chás com propriedades diuréticas, que estimulam a maior eliminação de água e toxinas pela urina (diurese), contribuindo para o equilíbrio hídrico do corpo. Essas ervas também fornecem fitoquímicos, substâncias naturais que combatem a inflamação e previnem os danos causados pelos exageros de fim de ano.

Chá verde: Rico em catequinas, o chá verde tem propriedades antioxidantes, estimulantes e diuréticas que auxiliam na eliminação de líquidos retidos.

Carqueja: A carqueja é reconhecida por suas propriedades diuréticas, digestivas, hepatoprotetoras e antioxidantes.

Cavalinha: A cavalinha é conhecida por sua capacidade terapêutica natural, fornecendo suporte à saúde óssea, alívio de retenção de líquidos e promoção da saúde da pele.

Hibisco: O chá de hibisco, feito a partir das flores da planta Hibiscus sabdariffa, é conhecido por seus diversos benefícios à saúde. Além das propriedades diuréticas e anti-inflamatórias, o chá de hibisco pode ajudar a controlar os níveis de colesterol e a saúde digestiva.

Quais são e como consumir os chás diuréticos?

Bebida é muito procurada por quem deseja emagrecer e busca resultados mais rápidos

Indicados para quem sofre de inchaços e retenção de líquido, praticamente todos os chás são considerados diuréticos por causa da sua atuação no corpo, pois eles aumentam a ingestão de água e a produção de urina. No entanto, algumas ervas e plantas possuem ação mais forte, é o caso do hibisco, da salsinha, da cavalinha e do dente-de-leão.

Eles são ótimas opções no tratamento de infecção urinária e podem ser consumidos todos os dias, mas com moderação. Caso seja de sachê, uma vez por dia. O chá produzido da própria matéria-prima é mais forte e mais concentrado, sendo indicado ingerir em dias alternados.

De acordo com Fabiana Freire, coordenadora do curso de Nutrição do UNINASSAU — Centro Universitário Maurício de Nassau Paulista, os chás ajudam a limpar o trato urinário por meio da eliminação de urina.

“O ideal é fazer uso dessa bebida com a supervisão de um profissional nutricionista. As plantas podem afetar tratamentos médicos, como é o caso de quem precisa usar antibiótico”, explica.

Ainda segundo Fabiana, outras opções interessantes são os chás verde e de funcho. “Este último, apesar do nome diferente, é muito benéfico para quem tem problemas na bexiga e até pressão alta. Ele ajuda a eliminar o excesso de líquido do organismo. Já o chá verde, que é um pouco mais popular, o efeito é basicamente o mesmo”, ensina.

Os chás podem ser usados junto com um cardápio favorável para quem busca emagrecer, mas não são indicados como solução única para quem busca esse objetivo. Por diminuir o inchaço e a retenção de líquido, pode criar uma falsa ideia de perda de peso. Por isso, é necessário combinar dieta e atividade física. Além disso, o uso abusivo dessa bebida pode acarretar problemas de saúde.

Chás podem ser aliados no processo de emagrecimento

Líder em perda de peso há 60 anos, VigilantesdoPeso explica os benefícios proporcionados por diferentes tipos de infusão

Em busca de conquistar o peso desejado, as pessoas acabam recorrendo a diferentes estratégias. O que algumas delas não sabem é que existem métodos simples que podem ajudar nesse processo. Os chás, por exemplo, podem ser aliados naturais e seguros. Saudáveis e eficazes, oferecem diversos benefícios que podem potencializar a conquista de uma silhueta mais saudável. No entanto, é importante esclarecer o papel real que eles desempenham nesse contexto.

Certos tipos de chás podem ter propriedades termogênicas, que auxiliam no aumento da temperatura corporal e aceleram o metabolismo, permitindo que o corpo queime mais calorias durante a digestão e atividades cotidianas. Existem ainda algumas variedades, conhecidas por suas propriedades supressoras do apetite, que ajudam na redução da ingestão calórica diária.

Isso sem falar no efeito diurético proporcionado por muitos deles, que auxilia na eliminação do excesso de líquidos retidos no organismo e reduz a sensação de inchaço. Alguns deles ainda atuam na eliminação de toxinas, contribuindo para uma desintoxicação natural do corpo.

“Os chás possuem propriedades interessantes que podem, sim, auxiliar no processo de emagrecimento, mas é importante não atribuir a eles um poder milagroso. É preciso ter em mente que, para alcançar resultados consistentes e duradouros, é fundamental adotar uma alimentação balanceada, com foco na qualidade e quantidade dos alimentos ingeridos”, explica Matheus Motta, nutricionista responsável pelo programa VigilantesdoPeso no Brasil.

Outro ponto importante é que a jornada de perda de peso, muitas vezes pode ser acompanhada de ansiedade e estresse, o que pode interferir negativamente nos resultados. “Nesse sentido, os chás também podem ser aliados valiosos, pois muitos deles possuem propriedades relaxantes que ajudam a reduzir o estresse, proporcionando um estado de bem-estar que é essencial para manter uma rotina saudável durante o processo de emagrecimento”.

A fim de auxiliar ajudar aqueles que desejam inserir os chás em sua rotina alimentar e poder testar suas propriedades, o nutricionista reuniu informações sobre quatro diferentes tipos que podem impactar positivamente no processo de emagrecimento.

Chá Verde: O Impulsionador do Metabolismo

Um dos chás mais populares, quando se trata no auxílio da perda de peso. Seu segredo está no alto teor de compostos bioativos, como a catequina, que estimula o metabolismo e a queima de gorduras. Ele também é um importante aliado na redução da retenção de líquidos e, graças ao seu efeito termogênico, contribui para o gasto energético do corpo.

Chá de Hibisco: O Regulador da Saciedade

Rico em antioxidantes, apresenta propriedades diuréticas. Além disso, seu consumo regular pode auxiliar no controle do apetite, proporcionando uma sensação de saciedade mais duradoura, contribuindo para a diminuição da compulsão alimentar.

Chá de Canela: O Estabilizador dos Níveis de Açúcar

Conhecida por seus benefícios no controle dos níveis de açúcar no sangue, a canela ajuda a regular a glicemia, contribuindo para a diminuição dos picos de insulina e, consequentemente, reduzindo o acúmulo de gordura no corpo. Seu sabor adocicado pode ser um excelente aliado na redução do consumo de açúcar.

Chá de Gengibre: O Digestivo Natural

Suas propriedades digestivas e termogênicas, o torna uma excelente escolha para complementar uma dieta de emagrecimento. Ele auxilia na quebra das moléculas de gordura, favorece a absorção de nutrientes e alivia a sensação de inchaço abdominal. Outra vantagem é que com uma digestão mais eficiente, o organismo se torna mais propício a utilizar as reservas de gordura como fonte de energia.

Embora os chás possam oferecer diversos benefícios, é essencial reforçar que a perda de peso saudável requer uma abordagem equilibrada e individualizada. Um programa de emagrecimento sustentável sem imposição de restrições, que inclua uma dieta adequada e a prática regular de atividade física pode ser a chave para conquistar seus objetivos sem sofrimento

Confira 3 chás que podem ajudar a desinchar

Chá-verde com abacaxi

– Ingredientes: 500 ml de água, 2 rodelas de abacaxi e 1 e 1/2 colher (sopa) de chá-verde.

– Modo de preparo: Ferva a água em chaleira com as rodelas de abacaxi. Assim que ferver, adicione o chá-verde e deixe em infusão por 10 minutos. Depois é só coar e servir, podendo ser consumido como chá gelado, pode adicionar até gelo e folhas de hortelã.

Chá de salsinha

– Ingredientes: 1 ramo de salsinha fresca com talos (cerca de 25 g), 1 copo de água e 1/4 de xícara de suco de limão.

– Modo de preparo: Em uma chaleira, ferva a água com a salsinha picada. Quando ferver, desligue o fogo e deixe em infusão por 5 a 10 minutos. Depois é só coar e acrescentar o limão e servir.

Chá de gengibre com canela e limão

– Ingredientes: 1 xícara (chá) de água, 1 pedaço de gengibre, 1/2 pau de canela e 3 rodelas de limão com casca.

– Modo de preparo: Coloque a água para ferver com o gengibre e a canela. Quando ferver, coe e acrescente o limão. Deixe em infusão por 5 minutos e está pronto.

Com Assessorias

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes!
Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *