‘Fazer o bem, pra quem?’ traz lições de solidariedade

livro-fazer-o-bem-pra-quem

O músico Adriano teve uma infância pobre em Itaguaí (RJ) e hoje faz o bem para mais de 200 crianças e adolescentes com suas aulas gratuitas de violino. Alguns de seus alunos, inclusive, moram em uma ilha, o que faz o professor pegar um barco para encontrá-los. Também no Rio, uma avó doou um rim para o neto que fazia hemodiálise.  Esses e muitos outros casos mostram que quem divide tem uma soma final maior, aprende com as atitudes de fazer o bem e conclui que todos nós dependemos uns dos outros e podemos ser solidários com quem precisa.

Esta matemática simples é contada no livro ‘Fazer o bem, pra quem?’ que Marcos Ribeiro  lança neste sábado, dia 25 de novembro, a partir das 16h, na Livraria Saraiva MegaStore, do Norte Shopping, com bate papo com o autor e sessão de autógrafos.  “A solidariedade é a dor da outra pessoa que eu sinto dentro de mim e por isso procuro ajudá-la”, diz Ribeiro, que acredita fortemente que a solidariedade é capaz de transformar realidades.  

Fazer o bem, pra quem?, publicada pela Editora Moderna, tem como objetivo falar do amor ao próximo, da solidariedade, da capacidade de ajudar o outro nas mais diversas situações, independentemente de suas crenças, escolhas ou origem. Neste caso, essa conversa pode estar dentro de casa ou na escola, com os trabalhos realizados em sala de aula. O prefácio é da educadora Glória Graçano e contracapa assinada por um menino de 11 anos, aluno de uma escola pública do Rio de Janeiro que sonha ser escritor. Assim, o livro começa a fazer o bem para o menino Luiz Guilherme Lopes que publica o seu primeiro texto.

O título traz exemplos reais de pessoas altruístas que saíram da teoria para a prática e transformaram a vida de muita gente. Entre os belíssimos casos coletados por Marcos Ribeiro há, também, a trajetória do menino Zullaê, de 13 anos, que cuida de mais de 40 gatos em Campo Grande (MS). Em Povoado de Serrote, no sertão baiano, uma menina de 13 anos montou a única biblioteca da cidade. O livro traz ainda outras histórias e propostas práticas de ações solidárias que prometem inspirar os leitores ao mostrar a alegria da generosidade, do quanto se ganha com a solidariedade e como se doar ao próximo enobrece a própria alma.

Fonte: Editora Moderna, com Redação