‘Diário Bipolar’ mostra a rotina de uma jovem com transtornos de humor

diário bipolar

Carioca, 33 anos, Manoela Serra desde pequena teve problemas afetivos, mas foi somente em 2009, aos 25 anos, que ela foi diagnosticada com o Transtorno Bipolar do Humor com Síndrome do Pânico. Depois disso, começou seu tratamento com estabilizadores de humor e outros complementares, muita psicoterapia e também exercitando seu lado espiritual. Ela conta que tudo isso colaborou para uma melhor qualidade de vida, depois de anos de sofrimento, comum a vários bipolares.

No livro O Diário Bipolar, Manoela conta sua história envolvendo o Transtorno Bipolar do Humor e Transtornos Afetivos, como a Depressão, a Ansiedade e, principalmente, a Síndrome do Pânico. Contando momentos que viveu ligados aos transtornos e como esses a afetaram em diversas situações e eventos, Manoela busca ajudar quem passa pelo mesmo que ela, numa linguagem bem simples e acessível.

A autora procurou diversas obras que pudessem auxilia-la durante sua jornada, mas nunca encontrou algo que verdadeiramente a tocasse: por isso, decidiu ela mesma produzir. Com histórias emocionantes, O Diário Bipolar pode ser apreciado por diversos públicos, não só por quem passa pelos transtornos mentais, apesar de serem o foco da obra. Envolve qualquer tipo de leitor e o leva para tudo que Manoela sempre sentiu durante sua vida. Reflexivo, o livro merece atenção devido a sua utilidade pública a tantos que precisam.

Ficha técnica

O Diário Bipolar

De Manoela Serra

Editora Autografia

Biografia

ISBN 9788555267963

124 páginas